Polícia do AM


Após decisão do STF, 53 delegados e 70 servidores do AM são afastados

Portaria Normativa assinada nesta quinta-feira (10) dispõe de cumprimento de decisões do STF

O documento foi assinado pelo delegado adjunto da Polícia Civil do Estado do Amazonas
O documento foi assinado pelo delegado adjunto da Polícia Civil do Estado do Amazonas | Foto: Erlon Rodrigues / PC-AM

Manaus – O Governo do Amazonas afastou 53 delegados e mais 70 servidores da polícia, conforme decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) proferida pelo ministro Gilmar Mendes, em sede de reclamação n° 42.613 no STF. Documento foi assinado pelo Delegado-Geral Adjunto da Polícia Civil, Tarson Yuri Silva Soares, nesta quinta-feira (10). 

A decisão determina o afastamento de todos os comissários do cargo de delegado de polícia e previa eventual aproveitamento de outros comissários do mesmo cargo, após decisão, que era embasado em requerimentos individuais de tais servidores e, ante as decisões judiciais recentes.

No documento há a determinação do imediato afastamento da função de delegado de polícia e de todos os servidores ingressos na Polícia Civil do Estado do Amazonas (PC-AM). Foi determinado a proibição de exercer cargo ao Diretor de Polícia Metropolitana e ao Diretor de polícia no interior do Amazonas. 

O ofício determina ao governador do Estado do Amazonas, Wilson Lima e ao Secretário de Segurança Pública (SSP-AM) que suspenda o decreto de nomeação dos cargos na polícia.

Os nomes de delegados são:

Ivo de Souza Cunha, Walter Cabral de Vasconcelos, Adauto Lúcio Maués, Normando da Rocha Barbosa, Francisco Coutinho Roque, Carlos Alberto Alencar, Samara Fernandes Amorim, Luiz Idelfonso Veiga, Mário José Silvio, Paulo Roberto Sobral, Nilson Nascimento dos Santos, Zandra Couceiro Ribeiro, Kethlen Araújo Calmont, Tamera Maciel Assad, Orlando Dário Góis, Marcelo Augusto Ferreira, Fábio Braule Pinto, Alezandre Moraes da Silva, Izandra Rego Correia, Teotonio Rego Pereira, Carla Josephina Biaggi, Turíbio José Corrêa, Ailton Magno da Silva, Acacia Pacheco, Fabiola Esther Queiroz, Afonso Celso Lobo, Renato Fonseca de Carvalho, Luciano Tavares da Silva, Humberto Lúcio Menezes, Marco Antônio Barbosa, Hosana Gomes de Andrade, Hipolito Menezes Cordeiro, Júlio César Chaves, Fábio Oliveira Gomes, Samira Mousse de Carvalho, Irineu Loufares Brandão, Lia Gazineu Ferreira, Emerson de Almeida, Mário Jumbo Miranda, Izolda de Castro, Sérgio Luiz Silva, Suely dos Santos Costa, Marcello Melo do Amaral, Linda Gláucia de Moraes, Silval Barroso de Souza, Raimundo Pereira Pontes, Geraldo Magella Fiuza, Ronney Ribeiro Nogueira, Ana Patrícia Ventilari, Josenildes Baeta, Tatiana Silva Feijó, Antonio Rodrigues da Silva e Ana Denise de Souza. 

Confira a lista dos 70 servidores:

Lista dos servidores
Lista dos servidores | Foto: Reprodução

Lista dos servidores
Lista dos servidores | Foto: Reprodução


Leia mais:

PF deflagra operação para combater traficantes no Brasil e Paraguai 

Assaltante se passa por mendigo para roubar vítima em Manaus 

Pastor é suspeito de furtas R$ 50 mil de igreja católica