Pulmão Afetado


Ex-prefeito de Iranduba, Nonato Lopes, morre por Covid-19 aos 71 anos

Luto oficial será decretado na capital em homenagem ao político

 

Ele e a esposa tinham testado positivo para Covid-19
Ele e a esposa tinham testado positivo para Covid-19 | Foto: Reprodução

Manaus - Raymundo Nonato Lopes, ex-deputado estadual e ex-prefeito de Iranduba, morreu na madrugada deste sábado (12), aos 71 anos, em decorrência de complicações causadas pelo novo coronavírus. Ele estava internado há duas semanas em um hospital particular de Manaus.

Lopes também atuou como secretário de Segurança do Amazonas durante sua carreira pública. Em nota de pesar, o Governo do Estado lamentou o falecimento do político.

“O Governo do Amazonas reconhece a contribuição de Nonato Lopes para o Estado, durante os anos que se dedicou à vida pública e presta condolências aos familiares e amigos”, disse a publicação. 

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, juntamente com a primeira dama - Elisabeth Valeiko Ribeiro - também comentaram a morte de Lopes.

Prefeito de Manaus lamentou a morte do ex-deputado
Prefeito de Manaus lamentou a morte do ex-deputado | Foto: Reprodução

“Eu e minha esposa  recebemos com tristeza a notícia sobre a morte do Nonato, vítima de uma doença cruel causada por um inimigo invisível, que já nos custou centenas de milhares de vidas. Assim como ele, Beta e eu também tivemos a Covid-19, mas conseguimos vencer essa batalha árdua. Muito triste a passagem do Nonato, um guerreiro que muito contribuiu com o povo amazonense, seja como prefeito de Iranduba, deputado estadual ou secretário de Segurança Pública”, disse o prefeito.

Será decretado luto oficial na capital em homenagem ao político.

O senador Eduardo Braga (MDB-AM) também divulgou um vídeo sobre a morte de Lopes, com quem dividiu bancada em 1986. "É um velho e querido amigo, de longa caminhada (...) Nonato deixa ilutado a sua família, seus filhos, seus netos, seus amigos e o município de Iranduba que ele escolheu para ser a sua segunda casa, o seu segundo lar", disse. 

Leonel Feitoza (PMN-AM), pré-candidato à prefeitura de Iranduba, também se manifestou. Em nota divulgada em uma rede social, ele afirmou que Lopes "era um amigo pessoal e grande companheiro". 

O ex-governador do Amazonas, David Almeida (Avante), afirmou que "lamenta com profundo pesar" o falecimento de Nonato Lopes e que "pede a Deus que conforte o coração de todos nesse momento de dor". 

Esclarecimentos

Há dois dias, Marco Lopes - filho do ex-prefeito de Iranduba - publicou nas redes sociais esclarecimentos sobre o estado de saúde do pai, confirmando o problema nos pulmões. 

Filho de Lopes pediu orações para a saúde do pai, que estava internado há duas semanas
Filho de Lopes pediu orações para a saúde do pai, que estava internado há duas semanas | Foto: Reprodução

"Amigos do Iranduba, andam especulando muita coisa a respeito da saúde do papai. O problema dele é no pulmão, apenas isso, e nada em outro órgão. Não acreditem em outras conversas. Vamos continuar orando, pois tenho certeza que o Senhor Jesus está trabalhando", escreveu. 

Comoção

Nas redes sociais houve grande comoção devido a morte de Nonato. Internautas escreveram sobre o político e lamentaram a morte por Covid-19.

“Nonato Lopes um guerreiro e lutou até o fim! Vá com Deus. O senhor foi como um pai para mim”, disse César Rios em sua publicação. 

“Vai em paz, meu amigo. Você vai fazer muita falta. Cada um tem a sua hora, e mais cedo ou mais tarde vamos nos encontrar. Até lá ficam as saudades e a nossa amizade que nunca irá morrer”, disse outra amiga do político. 

Leia mais:

Detran realiza leilão virtual de mil veículos 

Governador confirma: festival de Parintins só em 2021

No AM, cinco pessoas morreram por Covid-19 nas últimas 24 horas