Fonte: OpenWeather

    Pandemia no Amazonas


    24 bares são interditados por aglomerações de clientes em Manaus

    A maioria dos estabelecimentos estavam descumprindo as medidas de isolamento social obrigatórios

    A SSP-AM, por meio da Central Integrada de Fiscalização realizou a ação nas principais zonas de Manaus
    A SSP-AM, por meio da Central Integrada de Fiscalização realizou a ação nas principais zonas de Manaus | Foto: Michel Mello/Secom

    Manaus – Com o aumento no número de casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus, as ações para conter aglomerações em ambientes abertos ao público foram reforçadas pela Prefeitura de Manaus e o Governo do Estado do Amazonas. Além da interdição da Ponta Negra, 24 estabelecimentos foram fechados na cidade no último sábado (19).

    A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), por meio da Central Integrada de Fiscalização realizou a ação nas principais zonas de Manaus.

    A maioria dos estabelecimentos estavam descumprindo as medidas de isolamento social obrigatórios pelo decreto de emergência como, distanciamento das mesas, 50% da ocupação no espaço, disponibilização de álcool em gel e materiais de higiene, bem como o limite de funcionamento até às 23h.

    De acordo com o Major Botelho, responsável por comandar uma das duas equipes que atuaram na ação deste sábado, as irregularidades mais frequentes observadas foram a ausência do afastamento das mesas e aglomeração de pessoas. Segundo a autoridade, além de garantir o cumprimento das normas, as ações buscam orientar.

    “As equipes responsáveis pela fiscalização tem repassado as orientações devidas e orienta para que os estabelecimentos cumpram de fato o que foi estabelecido pra que ele não venha, em uma próxima fiscalização, ser notificado ou mesmo ter o estabelecimento fechado devido ao descumprimento”.

    A ação reuniu servidores de órgãos estaduais como SSP-AM, Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar (CBMAM), Ouvidoria Geral do Sistema de Segurança Pública e Defesa Civil, e municipais, como a Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus), Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (Immu) e Casa Militar do Município.

    Ponta Negra interditada

    O Complexo Turístico da Ponta Negra foi um dos principais pontos de aglomerações durante a pandemia de covid-19 em Manaus. Após a reabertura, o local recebeu grande movimentação em feriados e fins de semana, conforme registrado pelo EM TEMPO.

    Na sexta-feira (18), o acesso à Praia da Ponta Negra foi novamente fechado pela Prefeitura de Manaus afim de conter a proliferação do vírus causado pela constante aglomeração no local. Na eventualidade, o prefeito, Arthur Virgílio Neto também assinou um novo decreto de Situação de Emergência em Manaus, que determina a interdição. ''É desagradável, mas administrar com seriedade é optar pelo desagradável para evitar o desastroso'', afirmou

    Para fazer denúncias e colaborar com o trabalho de fiscalização a aglomerações, a população pode ligar para o 190, do Centro Integrado de Operações de Segurança (Ciops), ou o 181, o disque-denúncia da SSP-AM. 

    Leia Mais:

    Ponta Negra é novamente interditada após alta de casos de Covid-19

    Após reabertura, Ponta Negra tem alto movimento neste domingo (19)