Indenizações


Wilson Lima paga indenizações para moradores do Igarapé do Quarenta

Ao todo, foram R$ 3,3 milhões em recursos financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)

88 beneficiários receberam os valores do auxílio
88 beneficiários receberam os valores do auxílio | Foto: Bruno Zanardo/Secom

Manaus - O governador Wilson Lima realizou o pagamento de indenizações e bônus-moradia para 88 beneficiários cadastrados no Programa Social e Ambiental  dos Igarapés de Manaus (Prosamim), na manhã desta sexta-feira (9).

O Governo do Amazonas disponibilizou, por meio da Superintendência Estadual de Habitação (Suhab), o valor de R$ 3,3 milhões em recursos financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

Os beneficiários são da área de intervenção do Prosamim no Igarapé do Quarenta, no trecho entre a avenida Costa e Silva (Silves) e rua Maués, bairro da Cachoeirinha, zona sul de Manaus. A entrega dos benefícios foi feita no Centro de Convivência do Idoso, no bairro Aparecida.

“Esse é um trabalho que estamos fazendo desde o início do Governo, de reconhecimento às pessoas que por tanto tempo estão lutando por uma moradia e também estão vivendo em condições insalubres. Nós estamos retirando essas pessoas dessa área e estamos pagando esse bônus. Aqui nós estamos tocando obras de saneamento que vão ser importantes para revitalização dessa área. Nós temos uma preocupação de preservar a questão ambiental, de dar um destino correto para o esgoto, de fazer o saneamento, mas nós não podemos deixar as famílias desamparadas”, afirmou o governador Wilson Lima.

Do total de 88 famílias beneficiadas, 30 receberam indenizações (valores que variam de acordo com o valor da benfeitoria do imóvel);  36 foram contempladas com bônus-moradia no valor de R$ 50 mil  (solução aplicada para aquisição de casa regularizada no mercado imobiliário);  12 receberam auxílio-moradia no valor de R$ 6 mil (aplicada a inquilinos e cedidos atendidos pelo programa); e 10 receberam uma compensação financeira na modalidade Fundos de Comércio, para quem vivia de atividade comercial no local.

Com os pagamentos feitos hoje, avança para 50% o cumprimento da meta prevista para este ano. São 997 imóveis e 496 famílias retiradas da área de risco e devemos tirar a outra metade até o final desse ano.

*Com informações da assessoria 

Leia mais:

Sementes desconhecidas de países asiáticos chegam ao AM

Em Manaus, filas de bancos persistem todos os dias durante a pandemia