Palestra


Em Tabatinga, MPE debate crimes eleitorais com policiais militares

O promotor enfatizou a importância do papel da Polícia Militar nessas eleições, por serem os agentes do Estado que estão mais próximos da população

Com a proximidade do pleito, a promotoria da 36ª ZE tem realizado palestras para vários segmentos da sociedade | Foto: Divulgação/MPAM

O Ministério Público Eleitoral (MPE), com atuação na 36ª Zona Eleitoral, em Tabatinga, representado pelo Promotor Eleitoral André Epifânio Martins, realizou, nesta quarta-feira (14), palestra para policiais militares pertencentes ao 8° Batalhão de Polícia Militar (BPM). O evento aconteceu no auditório do polo da Universidade do Estado do Amazonas – UEA, e teve como objetivo, orientar a Polícia Militar sobre os principais crimes eleitorais cometidos antes e durante o pleito eleitoral.

O promotor enfatizou a importância do papel da Polícia Militar nessas eleições, por serem os agentes do Estado que estão mais próximos da população.

"A atuação preventiva, de orientação e explicação dos procedimentos é uma das missões extrajudiciais do Ministério Público e hoje tivemos a oportunidade de abordar o trabalho policial no combate aos crimes eleitorais, ministrada para policiais Militares que atuam em Tabatinga, para que o pleito em nossa cidade ocorra de forma pacífica, proba, respeitando-se a legislação eleitoral", disse André Epifânio.

Com a proximidade do pleito, a ser realizado no dia 15 de novembro (1º turno) e 29 de novembro (2º turno onde houver), a promotoria da 36ª ZE tem realizado palestras para vários segmentos da sociedade o que inclui reuniões com candidatos para orientação e prevenção de condutas vedadas. Além de questões relacionadas as investigações de crimes eleitorais como forma de evitar preventivamente eventuais excessos ou omissões da atuação diária da Polícia Militar no município.

*Com informações da assessoria