Inspeção


Obras do Prosamim são inspecionadas por especialistas do BID

As obras foram inspecionadas por especialista da área de Engenharia do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID)

As obras inspecionadas fazem parte da terceira fase do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim)
As obras inspecionadas fazem parte da terceira fase do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim) | Foto: Tiago Corrêa/UGPE

Manaus – As obras de melhoria na Mobilidade Urbana, de requalificações urbanísticas, de saneamento básico e ainda, de um novo parque urbano executadas pelo Governo do Estado, na zona Sul de Manaus foram inspecionadas por especialista da área de Engenharia do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) nesta quarta (14) e quinta-feira (15).

As obras inspecionadas fazem parte da terceira fase do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim), que já se encontra na etapa de finalização.

Na quarta-feira (14), foram visitadas as instalações da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que está sendo executada no bairro do Educandos e a intervenção no leito do igarapé do 40, localizado entre as avenidas Silves e Maués. 

Na quinta-feira, foram inspecionadas as obras de um novo parque urbano que está sendo construído entre as avenidas Leonardo Malcher e Parintins, em um trecho do igarapé Mestre Chico.

As visitas dos técnicos e especialistas do órgão financiador do programa são periódicas e contemplam todas as áreas inseridas na execução de obras do Prosamim. Especialistas ambientais atestam a minimização dos danos causados ao meio ambiente, a utilização do Sistema de Gestão Socioambiental (SGSA) preconizado pelo BID, assim como, aspectos relacionados à segurança do trabalho e a mitigação de impactos causados à população do entorno das intervenções. 

Já especialistas sociais inspecionam o atendimento às famílias e os processos de reassentamento nas frentes de obras e todo o trabalho realizado no pós-ocupação. Enquanto os especialistas de engenharia observam a execução das obras e também aspectos ligados à desapropriação para abertura de novas frentes de obras.

“O consultor de engenharia do BID analisa a execução da obra como um todo, observando qualquer melhoria ou otimização de algum processo, visando mais celeridade ou economia na execução das obras. Caso algo não esteja saindo como o planejado, somos orientados a tomarmos outro caminho para que possamos executar a obra da melhor forma possível”, afirmou a engenheira civil vinculada ao programa, Tatiana Lachi.

A engenheira ressalta que, atualmente, na intervenção do igarapé Mestre Chico, estão finalizando as galerias do primeiro trecho da obra e iniciando a terraplanagem sobre essas galerias. “Já avançamos com as obras de macrodrenagem e redes de coleta de esgoto”, destacou.

*Com informações da assessoria

Leia mais:

Mulher fica gravemente ferida após atropelamento no Novo Israel

Dor e aprendizado em luta contra a hemofilia no AM