Sesi Educação


Sesi envia obras de autores clássicos a alunos em aulas remotas

O SESI Amazonas vai distribuir 1.900 kits para os alunos da capital e do interior. Professores também utilizarão as obras em sala de aula.

Cada aluno recebe uma maleta, enviada pelo SESI Nacional, com oito livros que reúnem obras dos dois autores brasileiros
Cada aluno recebe uma maleta, enviada pelo SESI Nacional, com oito livros que reúnem obras dos dois autores brasileiros | Foto: Divulgação

Manaus – Previsto para este mês, o Serviço Social da Indústria do Amazonas (Sesi – AM), realiza drive-in aos alunos que permanecem com aulas remotas em casa e aos que estão presencialmente em aulas nas unidades do Sesi.  

Entre os livros estarão presentes clássicos da literatura infantil brasileira, com obras do Monteiro Lobato, como “Menino Maluquinho e Sítio do Pica-Pau Amarelo.  

Cada aluno recebe uma maleta, enviada pelo SESI Nacional, com oito livros que reúnem obras dos dois autores brasileiros.

Para realizar a entrega, cada escola montou programação diferenciada, de acordo com a realidade das aulas.

Em Parintins, por exemplo, a Escola SESI Padre Francisco Luppino, em espera pela liberação da prefeitura para o retorno das aulas presenciais, realizou as entregas por meio de drive-in, seguindo as recomendações e os protocolos de segurança.

“Montamos uma estrutura bem lúdica para que os 246 alunos, ao entrarem no pátio da escola, com seus pais em veículos, consigam mesmo sem sair do carro/ moto, se divertir e entrar no clima dos livros com os professores caracterizados e toda uma estrutura para chamar atenção desse aluno”, contou a coordenadora da Escola SESI Parintins, Geisiane Campos.

Em Itacoatiara, na Escola SESI Abrahão Sabbá, a entrega será feita também de forma remota para os alunos que permanecem com o ensino a distância.

Os professores criaram todo um roteiro, utilizando mapas enviados previamente para os alunos e responsáveis, para que seja aguçada a curiosidade pelos livros e suas histórias, desde o trajeto até a dinâmica de entrega nas escolas.

De acordo com a bibliotecária da Escola SESI Itacoatiara, Andrielle Marques, é preciso chamar atenção para que esse aluno leve o conteúdo para casa e se interesse pela leitura.“A leitura é um tesouro que precisa ser incentivado.

"Cada faixa etária irá receber coletâneas de acordo com o seu nível de leitura, sendo os anos iniciais livros mais curtos e histórias mais fantástico, como dos personagens do Sítio do Pica Pau Amarelo, e os alunos mais velhos contam com muita literatura nos livros mais densos do Monteiro Lobato e os clássicos do Ziraldo, como o ‘Menino Maluquinho’”, explicou Marques.

O SESI Amazonas vai distribuir 1.900 kits para os alunos da capital e do interior. Professores também utilizarão as obras em sala de aula.

Com fantasias e contação de histórias, os professores já desenvolveram oficinas de literatura em quadrinhos e debate, por meio de videoconferência com convidados, sobre o processo de criação e produção de roteiro, além de palestras sobre literatura amazonense, para os alunos do ensino médio, com o escritor manacapuruense Raimundo Nogueira e a artista plástica Odaléia Rosely.

“Todas essas atividades tinham como culminância a entrega das maletas com os livros da forma mais dinâmica possível para os alunos. Tudo era uma forma de chamar a atenção para conhecer a importância dos clássicos da literatura brasileira com os seus personagens, livros e autores, possibilitando futuramente a interdisciplinaridade do conteúdo dos livros com as atividades em sala de aula”, explicou a pedagoga da Escola SESI Dra. Emina Barbosa Mustafa, Luana Freitas.

Todas as Escolas SESI da capital e de Iranduba, Itacoatiara e Parintins receberam as maletas de forma presencial, para os alunos que já estão com aulas no ensino híbrido, ou remoto, por meio do drive-in para os alunos que ainda permanecem com o ensino 100% à distância. Para 2021, o SESI já iniciou o período de matrículas.

Para mais informações, é só entrar em contato com as escolas e aproveitar desconto na 1ª parcela da anuidade escolar para o próximo ano, no valor da tabela de 2020.

*Com informações da assessoria

Leia Mais:

Criatividade marca compromisso dos professores com aulas on-line

Universidade russa abre vagas para estudantes brasileiros