Renato Souza Pinto 2


Moradores do Renato Souza Pinto 2 pedem ajuda para espaço de lazer

As obras foram iniciadas, mas sem recursos tiveram que ser paralisadas. Os moradores pedem ajuda para finalização da obra

Ao menos 70 moradores estão ajudando nas obras iniciadas á dois meses
Ao menos 70 moradores estão ajudando nas obras iniciadas á dois meses | Foto: Reprodução

Manaus - Uma área para recreação está sendo construída no Conj. Renato Souza Pinto 2,  no bairro Cidade Nova 1, na zona Norte,  pelos próprios moradores. Sem recursos, eles pedem ajuda para que a obra seja retomada. 

De acordo com o morador Orleans de Souza, equipes da prefeitura de Manaus foram ao local e foi explicado que uma quadra, uma academia ao ar livre e um parquinho seriam construídos, no bairro. 

Os moradores contam que cerca de R$ 5 a 7 mil foram desembolsados pela comunidade, que tenta dar prosseguimento por meios próprios. A população começou o projeto há dois meses e cerca de 70 pessoas estão ajudando.

"É muito ruim ter que tirar dinheiro do bolso para construir algo para a nossa comunidade. Por isso, pedimos ajuda para as autoridades do nosso município. Queremos um local segura para que as crianças brinquem", disse o morador. 

Para arrecadar dinheiro, pessoas da comunidade estão fazendo feijoadas e bingos, com o objetivo de continuar com o projeto. A iniciativa é voltada para as crianças do conjunto, poderem usufruir de uma área recreativa e segura.

Moradores pedem ajuda para concluir a obra
Moradores pedem ajuda para concluir a obra | Foto: Reprodução

“Faltam grades, iluminação, limpeza e estamos precisando de areias, tratores, cimento, um corpo técnico para a construção no local. Ao obra já conta com 60%, mas ainda falta, principalmente com esse período chuvoso que se aproxima. Precisamos concluir o quanto antes para que as crianças do bairro possam usufruir de um local de qualidade e voltado para elas. Precisamos da resposta e ação do poder público para que façam por nós”, afirmou. 

Em resposta, a prefeitura comunicou que esta área referida é de uso institucional e avalia um projeto de lazer para atender o pedido dos moradores.

A assessoria ressaltou ainda que o município ressalta ainda que tem investido, aproximadamente R$ 15 milhões em reforma e construção de áreas esportivas e de lazer na cidade, incluindo o resgate de locais públicos abertos históricos do Centro, por exemplo, como as praças da Matriz, Tenreiro Aranha, Adalberto Valle e Dom Pedro II.

Leia Mais: 

Hotel Tropical será leiloado novamente após três tentativas; veja data 

Prefeitura de Manaus entrega maternidade Moura Tapajós revitalizada 

Calha do Rio Purus recebe investimento de R$ 22 milhões em educação