Fonte: OpenWeather

    Alerta


    FVS confirma 3 casos de Síndrome associada à Covid em crianças no AM

    As crianças confirmadas com a síndrome estão internadas e uma morreu após 15 dias no hospital

     

    Os pais e responsáveis devem ficar atentos aos sintomas
    Os pais e responsáveis devem ficar atentos aos sintomas | Foto: Reprodução

    Manaus - O Amazonas divulgou nesta segunda-feira (26), o registro de mais dois casos confirmados de Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica (SIM-P), doença que atinge crianças e adolescentes – potencial e temporariamente associada à Covid-19. Com a inserção dos novos casos, passam a ser três casos confirmados de SIM-P no estado.

    O segundo caso confirmado é de uma bebê de dois meses, residente de Tabatinga e que recebeu o diagnóstico em Manaus. Ela foi internada em um Hospital e Pronto-Socorro da Criança da capital. A bebê permanece internada na unidade hospitalar.

    O terceiro também se trata de uma bebê, de cinco meses de idade, residente em Manaus, que foi internada em um hospital da rede particular da capital, onde recebeu diagnóstico de SIM-P. Após 15 dias de internação, a criança foi a óbito.

    Os casos estão sendo avaliados por uma equipe composta pela Comissão Estadual de Prevenção e Controle de Infecção em Serviços de Saúde (Ceciss/FVS-AM), do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs/FVS-AM) por meio da Coordenação Estadual de Vigilância Hospitalar (NVEH), técnico da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas/OMS), que presta consultoria à FVS-AM; e por equipe formada por médicos infectologistas e pediátricos onde ocorreram as notificações dos casos suspeitos de SIM-P.

    De acordo com a diretora-presidente da FVS-AM, Rosemary Costa Pinto, a equipe técnica realiza a investigação após ser notificada pelos profissionais de saúde das unidades hospitalares.

    “Os casos são notificados para a vigilância em saúde da FVS-AM que acompanha cada um até que seja constatado o diagnóstico de SIM-P. As investigações já descartaram 69 casos que eram suspeitos para a doença”, afirmou.

    Nota técnica

    A FVS-AM divulgou, em setembro, a Nota Técnica nº 28/2020, alertando os profissionais de saúde e secretarias municipais de saúde sobre a ocorrência e notificação imediata obrigatória da SIM-P. Conforme o documento, a notificação deve ser imediata seguindo a definição de caso suspeito e fluxo de notificação.

    O registro deve ser realizado por meio de formulário de notificação do Ministério da Saúde, disponível por meio de link na internet, e a amostra laboratorial deve ser encaminhada ao Laboratório Central de Saúde Pública da FVS-AM (Lacen/FVS-AM).

    Entre os sintomas da SIM-P estão febre elevada e persistente, acompanhada de pressão baixa, conjuntivite, manchas no corpo, diarreia, dor abdominal, náuseas, vômitos, comprometimento respiratório, cardíaco e gastrointestinal, associado a marcadores de inflamação elevados e evidência de Covid-19.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    Para reduzir internações, AM anuncia plano de cirurgias noturnas

    Síndrome associada à Covid afeta crianças e gera alerta aos pais