Fonte: OpenWeather

    Covid-19


    UBSs preferenciais aumentam o horário de funcionamento em Manaus

    18 Unidades Básicas de Saúde (UBS) preferenciais para casos suspeitos de Covid-19 deverão aumentar o horário de funcionamento, nos fins de semana e feriados, de 8h às 18h

    Também será realizado um dia ''D'' de mobilização contra a influenza neste sábado (7)
    Também será realizado um dia ''D'' de mobilização contra a influenza neste sábado (7) | Foto: Ingrid Anne/Semcom

    Manaus - O prefeito Arthur Neto anunciou, durante coletiva de imprensa, nesta quinta-feira (5), novas estratégias para o enfrentamento ao coronavírus em Manaus. Entre as ações de combate à Covid-19, 18 Unidades Básicas de Saúde (UBS) preferenciais deverão aumentar o horário de funcionamento nos fins de semana e feriados, de 8h às 18h.

    Já neste sábado (7), será realizado um dia "D" de mobilização contra a influenza, em Unidades Básicas de Saúde. A vacina disponibilizada é a mesma utilizada na campanha contra a influenza executada no primeiro semestre de 2020.

    Até início de novembro, mais de 60 mil casos confirmados de coronavírus foram registrados pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) e quase 3 mil mortes por Covid-19, somente em Manaus.

    "Mesmo torcendo para eu estar errado [sobre o aumento de casos], acompanhei todos os boletins referentes a sepultamentos e enterros, com isso, temos noção de quantos casos registramos por mês", afirmou o prefeito Arthur Neto, em relação às novas medidas adotadas em Manaus.

    Prevenção

    Para prevenção, um dos focos é a realização de ações para minimizar o agravamento por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), que envolve as síndromes gripais causadas pelo coronavírus, mas também por vírus como a da influenza A e B, além da mobilização contra a influenza por meio da vacinação.

    No final de outubro, Manaus recebeu um lote com 56.460 doses da vacina, por meio de parceria com o Instituto Butantan, o que tornou possível ampliar a vacinação para a população em geral.

     Ações de prevenção à disseminação da Covid-19 entre indígenas, com reforço no atendimento clínico e testagem de RT-PCR – exame padrão para o diagnóstico -, e entre profissionais de saúde serão adotadas.

    Assistência

    No eixo assistência, o aumento do funcionamento de UBS’s preferenciais deve ampliar o atendimento para 75 mil atendimentos.

    Serão realizados investimentos na ampliação do diagnóstico de Covid-19 em 48 Unidades Básicas de Saúde com a oferta de mais de 50 mil testes rápidos, assim como fará a implantação da coleta do RT-PCR na Maternidade Moura Tapajóz, inserindo a coleta do referido exame no protocolo do pré-natal. "A estimativa é de alcançar mais de 30 mil gestantes com essa implantação", relatou Arthur Neto.

    Novas instalações do Centro de Especialidade em Reabilitação da Prefeitura de Manaus também devem ser inauguradas.

    Com foco na reabilitação respiratória pós-covid-19, as instalações devem realizar mais de 1,6 mil atendimentos por mês. "Quando você tem Covid-19, em alguns casos, você passa por outras sequelas. Nesses casos, o pós-covid é muito duro, então a fisioterapia e a assistência adequada é essencial", relatou o prefeito Arthur Neto.

    Suprimento e Monitoramento de Casos

    No eixo Suprimento e apoio ao atendimento, serão obtidos mais de três milhões de unidades de medicamentos para o tratamento dos sintomas de síndrome gripal e Covid-19. Também foram requisitados mais de 3,3 milhões de Equipamentos de Proteção Individual (EPI).

    Já no Monitoramento de Casos e de contatos próximos dos pacientes com Covid-19, serão ampliados os serviços de tele monitoramento, com a incorporação e capacitação de mais profissionais de saúde da rede.

    Ampliação da Rede Assistencial

    Também serão contratados 40 médicos, 80 enfermeiros, 130 técnicos de enfermagem, 30 técnicos de patologia clínica, 10 agentes indígenas de saúde, com inauguração de três clínicas da família, para atender a população das zonas Sul, Leste e Oeste.

    O Centro de Emissão de Declaração de Óbito por Causa Natural em Domicílio também ampliou o horário de atendimento, que era feito de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h.

    Com ampliação iniciada nesta sexta-feira (5), o serviço passa a funcionar de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h, exceto feriados, e aos sábados, de 8h às 12h.

    Confira a entrevista coletiva:

    Confira notícias relacionadas:

    Coronavírus: Prefeitura prorroga decretos até 30 de novembro em Manaus

    Brasil terá vacina contra Covid-19 no 1º semestre de 2021, diz Anvisa

    No Amazonas há casos de reinfecção pelo coronavírus? FVS esclarece