Crédito emergencial


Feirantes de Presidente Figueiredo recebem R$ 110 mil em crédito

O crédito permitirá aos produtores rurais o aumento na produtividade de cultivo

Para receber o crédito é necessário que os agricultores estejam vinculados à ADS
Para receber o crédito é necessário que os agricultores estejam vinculados à ADS | Foto: Divulgação

Manaus - Um aporte financeiro de R$ 110 mil em crédito emergencial foi oferecido a produtores rurais participantes das Feiras de Produtos Regionais da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), no município de Presidente Figueiredo. O crédito foi oferecido em parceria com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), neste sábado (7).

O valor foi contratado por 19 produtores que, a partir de agora, terão a oportunidade de até triplicar a produtividade do cultivo de hortifrutis e pescados.

O presidente da ADS, Sérgio Litaiff Filho, explica que o financiamento tem sido recebido de forma muito positiva pelos feirantes.

Ele destacou, ainda, que a ADS está trabalhando para levar a ação a todos os cadastrados dos municípios do Amazonas.

“Desde julho deste ano, já estivemos em 10 cidades do Amazonas para que todos os nossos produtores tenham a mesma oportunidade. Nossa meta é alcançar cada um para que eles possam adquirir novos equipamentos, contratar apoio, enfim, investir na sua propriedade e alçar novos voos nessas atividades fundamentais que são a agricultura e a piscicultura”, destacou.

Com o financiamento, a produtora Maria do Carmo, participante da Feira da ADS desde sua inauguração, afirma que pretende investir na plantação de citrus e criação de galinha caipira.

“Há 20 anos, vivo da produção rural no meu terreno, mas nem sempre o que a gente ganha dá pra gente investir. Com esse crédito, vou investir em um roçado maior, em melhoramento do solo com adubação, dentre outras coisas. São investimentos que, no futuro, trarão bons resultados”, disse.

Os recursos, que vão de R$ 5 mil a R$ 15 mil, beneficiou produtores das comunidades São João do Urubuí, Ramal do Paulista, Boa Esperança, Marcos Freire, São Salvador, Brava Gente e produtores residentes às margens da rodovia federal BR 174 e da rodovia estadual AM 240 (estrada de Balbina).

Para receberem o crédito, os agricultores devem estar vinculados a alguma feira da ADS no interior ou na capital.

A Afeam realiza a pesquisa de crédito e, após a aprovação, é providenciada a documentação, o comprovante de residência e uma declaração validando que é feirante da ADS para a assinatura do contrato e recebimento do benefício.

*Com informações da assessoria

Leia Mais:

Setor pesqueiro de Novo Airão terá ações do Governo do Amazonas

Wilson Lima faz balanço positivo da visita de Mourão a Amazônia

Em Pauini, Wilson anuncia ações nas áreas de saúde e produção rural