'Minha casa, minha vida'


Prefeitura alerta sobre estelionatário na venda apartamentos em Manaus

Os apartamentos não podem ser vendidos ou alugados, a prefeitura orienta fazer Boletim de Ocorrência para esse caso em Manaus

Os beneficiários devem ficar atentos ao golpe da casa própria
Os beneficiários devem ficar atentos ao golpe da casa própria | Foto: Valdo Leão / Semcom

Manaus - A Prefeitura de Manaus alerta a população e os beneficiários do programa habitacional “Minha Casa, Minha Vida” sobre um suspeito de estelionato que está oferecendo a venda de apartamentos do residencial Cidadão Manauara 2 – etapa “B”, no bairro Santa Etelvina, zona Norte. 

Segundo informa a assessoria, a prática é irregular e fiscalizada pela Vice-Presidência de Habitação e Assuntos Fundiários (Vpreshaf), vinculada ao Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb).

“Fazemos esse alerta de que não é feita venda ou aluguel de nenhum dos imóveis dos residenciais do Cidadão Manauara 2. Caso alguém tenha feito alguma negociação com o suspeito, envolvendo as habitações do local, a orientação é para procurar uma delegacia e fazer um Boletim de Ocorrência”, explicou a diretora de Habitação e Assuntos Fundiários da Vpreshaf, Lídia Furtado. 

A prefeitura alerta que tanto nos casos de não ocupação do imóvel quanto nas constatações de irregularidades está configurada a quebra de contrato. Assim, beneficiários da lista de espera são convocados a participar do processo. 

“É importante que as pessoas contempladas de fato usem o espaço e que a população fique atenta a possíveis golpes. No momento, não estamos fazendo novos cadastros devido à lista de espera do nosso banco”, alertou Lídia.

Atualmente, as obras do residencial Cidadão Manauara 2 – etapa “B” ultrapassam os 70% de execução. 

Os beneficiários passam por uma rigorosa seleção socioeconômica feita pela Prefeitura de Manaus e, posteriormente, pela Caixa Econômica Federal para inclusão dos futuros mutuários, após análise documental.

*Com informações da assessoria

Leia mais:

Droga escondida em grades de cerveja é apreendida em embarcação

Detentos de delegacia de Iranduba levantam indício de rebelião