Fiscalização


CIF fecha cinco estabelecimentos em operação, em Manaus

A fiscalização conta com o apoio da Polícia Militar e Civil, Bombeiros, Detran-AM, Vigilância Sanitária Municipal (Visa) e da Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM)

As operações de fiscalização devem continuar para inibir festas e estabelecimentos clandestinos
As operações de fiscalização devem continuar para inibir festas e estabelecimentos clandestinos | Foto: Carlos Soares/SSP-AM

Manaus - A Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), encerrou duas festas clandestinas e autuou cinco estabelecimentos que funcionavam como bares, por descumprimento do decreto governamental de prevenção da Covid-19.

As autuações ocorreram da noite da última sexta-feira (6) até a madrugada deste domingo (8). Quatro estabelecimentos foram interditados por aglomerações e falta de documentação obrigatória para o funcionamento.

Na madrugada de sábado (7), os agentes da CIF encerraram uma festa clandestina no bairro Tarumã, zona oeste de Manaus. De acordo com a equipe policial, havia aproximadamente 200 pessoas em um sítio, no ramal da Anaconda.

Ainda no sábado, um evento no bairro Cidade Nova, zona norte, foi encerrado. No local estava ocorrendo uma festa “rave” com mais de 200 pessoas. O organizador do evento foi autuado.

Flutuantes – As equipes da CIF também realizaram visitas aos flutuantes da capital, na tarde de sábado e domingo. Só no sábado, nove locais foram visitados. E no domingo, foram vistoriados oito flutuantes. Todos estavam fechados.

*Com informações da assessoria

Leia mais:  

Adolescentes de 14 e 16 anos são apreendidos com drogas em Manaus 

Homem desobedece proibição e morre afogado na Ponta Negra 

Detran flagra mais de mil condutores dirigindo embriagados em Manaus