Fonte: OpenWeather

    Tragédia


    Vídeos mostram local de acidente na 'curva da morte' da rodovia AM-010

    Pouca sinalização, muitas curvas e falta de manutenção dão a receita para muitas tragédias registradas na rodovia, que é considerada uma das mais perigosas do país

    Os dois amigos  realizam passeios nas rodovias do Amazonas
    Os dois amigos realizam passeios nas rodovias do Amazonas | Foto: Divulgação

    Manaus - Considerada pelos condutores uma das estradas mais perigosas do país, a AM-010 registrou mais uma tragédia neste sábado (5).  O empresário Jeifson de Souza Duarte, de 35 anos, e o fisioterapeuta Vandson Wesley Castro da Silva, 30, morreram em um grave acidente no KM 49, em um trecho conhecido como a "curva da morte", da rodovia estadual, que liga a capital aos municípios de Rio Preto da Eva e Itacoatiara.. 

    Segundo a polícia, as duas vítimas teriam colidido com uma carreta em uma curva da estrada. Os dois amigos faziam parte de um grupo de motoqueiros que realiza passeios nas rodovias do Amazonas.

    As motocicletas que estavam sendo conduzidas pelas vítimas ficaram completamente destruídas. Jeifson e Vandson ainda receberam auxílios de outros motoristas que trafegavam pelo local. Veja abaixo:

    Os amigos morreram na hora | Autor: Divulgação
     

    O Departamento Integrado de Operações Aéreas (Dioa), da Secretaria de Segurança Púbica (SSP-AM), ainda sobrevoou a área onde ocorreu o acidente, com o intuito de resgatar os acidentados para atendimento emergencial hospitalar. Mas, infelizmente, não houve sobreviventes. 

    Os corpos do empresário e do fisioterapeuta foram removidos para Instituto Médico Legal (IML). A Polícia Civil deve investigar o caso. 

    Veja as imagens do sobrevoo que mostra a 'curva da morte' 

    Helicóptero da SSP-AM fez sobrevoo na região | Autor: Divulgação/SSP-AM
      

    'A estrada da morte' 

    Um levantamento feito por meio de publicações do EM TEMPO, em 2018, apontou que 13 pessoas morreram em acidentes de trânsito na rodovia.

    Com o total de 265 quilômetros de extensão, a estrada exige muita atenção de quem trafega por ela. Pouca sinalização, muitas curvas e falta de manutenção dão a receita para muitas tragédias registradas na via.  

    Leia mais 

    Dois motoqueiros morrem após colidirem com carreta na AM-010

    AM-010: estrada da morte no Amazonas já registra 13 óbitos em 2018

    Criança morre ao ser atropelada por carro em alta velocidade no AM