Fonte: OpenWeather

    Ação


    Indígenas do Alto Solimões recebem ação de Combate à Covid-19

    Essa é a 19ª Missão Interministerial de Combate à COVID-19 e tem o objetivo de levar suprimentos e atendimentos de saúde com médicos aos povos indígenas do Amazonas

    Os 28 profissionais de saúde atuarão em cinco Polos Base | Foto: divulgação

    O Ministério da Saúde, por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), e o Ministério da Defesa, por meio das Forças Armadas, enviam reforço para a população indígena do DSEI Alto Rio Solimões (Tabatinga/AM) no período de 7 a 14 de dezembro. 

    Essa é a 19ª Missão Interministerial de Combate à COVID-19 e tem o objetivo de levar suprimentos e atendimentos de saúde com médicos generalistas, pediatras, ginecologistas, infectologista, veterinários, auxiliar de veterinária e auxiliar de oftalmologia.

    Os 28 profissionais de saúde atuarão em cinco Polos Base: Umariaçu I, Umariaçu II, Campo Alegre, Vila Betânia e São Sebastião. A estimativa de atendimento é de 16.860 indígenas. A ação leva reforço para a Equipe Multidisciplinar de Saúde Indígena (EMSI), de quase 1 mil profissionais, que atua na Atenção Primária aos indígenas diretamente nas aldeias.

    O trabalho da EMSI tem sido efetivo no controle da COVID-19. O primeiro caso confirmado da doença no DSEI Alto Rio Solimões ocorreu em março de 2020 e, atualmente, o Distrito possui apenas 2 casos confirmados e há 86 dias não registra óbitos (Fonte: Boletim Epidemiológico SESAI - 03/12/2020).

    Nesta missão,  a SESAI envia 52 mil itens de suprimentos entre medicamentos e Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para apoiar os profissionais de saúde do DSEI Alto Rio Solimões. Para o Secretário da SESAI, Robson Santos da Silva, o reforço dos profissionais, por meio das Forças Armadas, fortalece e dá ânimo ao trabalho que já vem sendo desenvolvido pelos profissionais de saúde do DSEI. 

    “As equipes multidisciplinares de saúde indígena têm feito um trabalho admirável desde sempre, mas especialmente agora, durante essa pandemia está excepcional. Tenho certeza de que a missão será um sucesso”, destacou.

    Alto Rio Solimões

    O DSEI Alto Rio Solimões possui a segunda maior população indígena do Brasil. São 70.823 indígenas de 27 etnias distribuídos em 236 aldeias. Para atender a essa população, que está em 13 Polos Bases, o Distrito possui 16 Unidades Básicas de Saúde Indígena, 22 Unidades de Atenção Primária Indígena (UAPIs) e 10 Ambulanchas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência da Saúde Indígena – SAMUSI.

    *Com informações da assessoria