Fonte: OpenWeather

    Práticas Sustentáveis


    Alunos da rede estadual reutilizam objetos e dão vida nova ao ambiente

    Projeto da Escola Estadual (EE) Benício Leão incentiva a reflexão acerca do consumo consciente

    A iniciativa faz parte do Programa Ciência na Escola (PCE) e visa aprimorar a qualidade do ensino de Ciências nos níveis Fundamental e Médio das escolas públicas brasileiras
    A iniciativa faz parte do Programa Ciência na Escola (PCE) e visa aprimorar a qualidade do ensino de Ciências nos níveis Fundamental e Médio das escolas públicas brasileiras | Foto: Eduardo Cavalcante/Seduc-AM

    Manaus - Alunos da Escola Estadual (EE) Benício Leão, localizada na Zona Sul de Manaus, buscaram adotar práticas sustentáveis na comunidade escolar, visando a construção de um futuro sustentável.  

    Intitulado “Lixo vira luxo”, o projeto reutiliza garrafas, vidros, sacolas, embalagens, tampas, papelão e outros materiais que são transformados em brinquedos, vasos para plantas, porta mantimentos, acessórios e enfeites.

    A iniciativa faz parte do Programa Ciência na Escola (PCE) e visa aprimorar a qualidade do ensino de Ciências nos níveis Fundamental e Médio das escolas públicas brasileiras. 

    “Nós estamos trabalhando em etapas. Primeiramente, coletamos informações sobre o processo de conversão de desperdício em materiais ou produtos de potencial utilidade e, em seguida, cada aluno desenvolve junto à comunidade ou em sua casa o que é pesquisado, conscientizando as pessoas sobre a reciclagem e realizando trabalhos com materiais recicláveis”, comenta a gestora da unidade escolar, Ádila Marta. 

    A aluna Luciana Oliveira Silva Oliveira conta como tem desenvolvido com seus familiares as atividades do projeto. “Aqui, nós realizamos uma seleção dos materiais, com intuito de fazer o aproveitamento dos descartes domésticos. Em seguida, realizamos esse reaproveitamento com a comunidade. Sabemos o quanto esta iniciativa contribui diretamente para um futuro com menos impactos ambientais”, disse. 

    Após a apresentação de todos os objetos feitos com o material reciclável, a comunidade e os estudantes participam de uma exposição, que visa estimular ainda mais os alunos. “Nosso objetivo é mostrar aos estudantes o quanto essa iniciativa é importante para a escola e para o meio ambiente e, com isso, atrair ainda mais participantes para o projeto”, finaliza a gestora. 

    Mais projetos - Além desta iniciativa, a EE Benício Leão integra mais dois projetos do PCE, são estes: “A contribuição indígena no desenvolvimento sociocultural no vocabulário amazonense” e “Saúde e qualidade de vida no espaço escolar”. Ambas as iniciativas são desenvolvidas por estudantes da unidade escolar e apresentadas ao final do ano letivo escolar.

    *Com informações da assessoria

    Leia Mais:

    Anvisa aprova regras para uso emergencial de vacinas contra Covid-19

    Centenário: escritoras comentam os mistérios de Clarice Lispector

    Com incentivo do ICMS, Governo do Amazonas estimula produção de ovos