Fonte: OpenWeather

    Perda


    Ex-diretor artístico, Joffre Silva, falece de Covid-19 em Manaus

    Em 2018, o artista recebeu uma placa em homenagem aos anos de contribuição à cultura

    O artista participou de grupos como o Balé Teatro Castro Alves
    O artista participou de grupos como o Balé Teatro Castro Alves | Foto: Divulgação

    Manaus- Natural de Belém, no Pará, Joffre  Silva dos Santos contava com formação e experiência em balés modernos e contemporâneos. Deixou também sua marca como primeiro diretor do Corpo de Dança do Amazonas, de 1998 a 2002.  O artista faleceu neste sábado (12) em decorrência da Covid-19.

    Ao longo da trajetória profissional, ele teve participação em grupos como Ballet Ópera Paulista e Ballet Stagium, de São Paulo; e Balé Teatro Castro Alves, da Bahia. Joffre também atuou como artista cênico em grupos experimentais de Manaus, até ingressar na dança. 

    Joffre também atuou como artista cênico em grupos experimentais de Manaus, até ingressar na dança.
    Joffre também atuou como artista cênico em grupos experimentais de Manaus, até ingressar na dança. | Foto: divulgação

    Em 2018, no Largo de São Sebastião, o artista recebeu uma placa em homenagem aos anos de contribuição à Cultura no Estado do Amazonas, durante o encerramento do 8º Festival Amazonas de Dança (FAD).

    Em nota, a Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa manifestou profundo pesar pelo falecimento do ex-diretor artístico e coreógrafo do Corpo de Dança do Amazonas.

     *Com informações da assessoria

    Leia Mais:

    Morre Khaled Hauache, pioneiro da TV no AM, aos 102 anos

    Médico e ex-deputado Luiz Fernando Nicolau, morre aos 74 anos

    Senador Arolde de Oliveira morre em decorrência da covid-19