Fonte: OpenWeather

    Educação no AM


    Vídeo: Wilson Lima anuncia pagamento do Fundeb para servidores do AM

    A determinação do governo do Amazonas é remunerar os profissionais da educação

    O valor pago é recorde e será em torno de R$ 142 milhões
    O valor pago é recorde e será em torno de R$ 142 milhões | Foto: Lucas Albarado

    Manaus – O governador Wilson Lima anunciou o pagamento de abono do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), para mais de 26 mil servidores da educação nesta terça-feira (15). O anúncio foi realizado na Escola Estadual de Centro Integral Djalma Batista, no bairro Japiim, zona Sul da cidade. 

    O valor pago é recorde e será em torno de R$ 142 milhões. Pela primeira vez na história, um estado pagará o abono aos técnicos administrativos. 

    A solenidade contou com a presença de professores, coordenadores e técnicos da educação. Representantes de municípios do interior, como de Iranduba, Tefé, Anori e Japurá, também estiveram no evento. 

    O Amazonas foi o primeiro estado do Brasil a voltar com as aulas presenciais, e logo depois, o plano de retomada foi exportado para outros estados do país.

    Mais de 12 estados do pais puderam continuar as aulas a distância, graças ao "Aula em Casa" desenvolvido pela Secretaria de Educação e Desportpo (Seduc), por meio de aulas pela TV e internet. Milhões de alunos, de pelo menos quatro estados, puderam continuar com as aulas, graças ao projeto.

    "Isso é um mérito que ninguém tira de vocês, servidores da Seduc. Graças a vocês o programa foi reconhecido no país. Vamos fechar o ano de forma histórica. Pagaremos o auxílio desde o diretor, até a merendeira. Vamos pagar R$ 4 mil a uma cadeira de professor. Se o professor tiver duas cadeiras, receberá R$ 8 mil. Isso é o trabalho e comprometimento do governo”, disse Wilson Lima. 

    A educação tem sido uma das prioridades do governo. Durante a quarentena, o estado ofereceu o "Merenda em Casa" para os alunos que carecem de ajuda com alimentação. Iniciativa que recebeu premiações e reconhecimento internacional.

    O Amazonas foi o primeiro estado do Brasil a voltar com as aulas presenciais
    O Amazonas foi o primeiro estado do Brasil a voltar com as aulas presenciais | Foto: Lucas Albarado

    Durante a solenidade, foi mencionado que o governo não irá mais debater questões da Fundeb, sem a presença de representantes da educação, como diretores e coordenadores. 

    "O que acontece hoje, não tem como voltar atrás, irá entrar para a história. A Fundeb não discutirá mais sem a presença de representantes da educação" relatou Deputada Joana D'Arc. 

    A determinação do governo é remunerar os profissionais da educação. 

    Convocação

    Nos últimos 30 dias, o governo do Amazonas convocou mais de 1.200 profissionais da educação aprovados em concursos. Na semana anterior ao anúncio da Fundeb, o governador Wilson Lima assinou a convocação de 800 servidores da educação.

    "Esse é um dia histórico, o que anunciamos hoje. Nenhum estado brasileiro anunciou. Enquanto a maioria estão em dificuldade financeira, o Amazonas honra com o pagamento dos servidores. Hoje (15) estamos pagando o 13°salário", finalizou Wilson Lima. 

    Veja a transmissão do anúncio:

    Leia mais:

    Obra de revitalização viária e Ramal do Gama, em Guajará é finalizada

    Crimes letais em Manaus tem queda de até 20%, diz SSP-AM