Fonte: OpenWeather

    Segurança


    Estabelecimentos são autuados por falta de segurança contra Covid-19

    Além da falta de segurança, os estabelecimentos foram autuados por descumprimento de decreto de prevenção à Covid-19

    As sanções foram aplicadas em virtude de aglomerações e outros descumprimentos ao decreto de prevenção à Covid-19
    As sanções foram aplicadas em virtude de aglomerações e outros descumprimentos ao decreto de prevenção à Covid-19 | Foto: Divulgação

    Manaus - Quatro estabelecimentos foram autuados e notificados entre a noite de sexta-feira (18) e a madrugada deste sábado (19). A ação foi realizada pela Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM).

    As sanções foram aplicadas em virtude de aglomerações e outros descumprimentos ao decreto de prevenção à Covid-19, e também pela falta de licenças de segurança para funcionamento.

    Foram vistoriados nove estabelecimentos, entre bares, restaurantes e casas de show. Três espaços foram fechados. Um dos estabelecimentos, na rua Tirza Carvalho, no bairro Aleixo, zona centro-sul da capital, foi fechado por aglomeração.

    O local também foi autuado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) em 100 UFMs, por poluição sonora, e notificado por não possuir Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros.

    Também no Aleixo, na avenida Guilherme Paraense, um bar foi notificado pelo Corpo de Bombeiros pela falta do Auto de Vistoria, e pela Semmas, por não ter licenças para som.

    No bairro Nossa Senhora das Graças, na rua Libertador, um bar foi notificado pelo Corpo de Bombeiros e autuado pela Semmas em 100 UFMs por poluição sonora. Já na avenida Professor Nilton Lins, Flores, um bar foi notificado pela falta de licença dos bombeiros e da Semmas.

    A CIF ocorre todos os fins de semana a partir de denúncias ao 190.

    *Com informações da assessoria

    Leia Mais:

    Passagem de ônibus aumenta para R$ 4,51 em Manaus? Entenda

    Vídeo: briga generalizada é registrada dentro de cachaçaria em Manaus

    Justiça suspende decisão de desocupação da comunidade Beco Green Ville