Fonte: OpenWeather

    Saúde


    HPS 28 de Agosto abre mais de 40 leitos de UTI para Covid-19

    A ampliação no atendimento vem em resposta a crescente demanda por leitos, em razão da alta circulação de pessoas e disseminação do vírus

    A atual fase do Plano de Contingência do Estado já prevê a mudança do perfil das unidades | Foto: divulgação

    O Hospital e Pronto-Socorro 28 de Agosto iniciou a reorganização de leitos para atender a crescente demanda de pacientes com suspeita de Covid-19, nesta terça-feira (29), como parte da quarta fase do plano de contingência para o Período Sazonal da Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). A unidade de porta aberta da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) irá aumentar de 12 para 40 o número de Unidades de Terapia Intensiva (UTI), triplicando a oferta de leitos. O quantitativo de leitos clínicos Covid também serão ampliados de 16 para 42, um crescimento de 160%. 

    A crescente demanda por leitos, em razão da alta circulação de pessoas e disseminação do vírus, está impactando a unidade que também está recebendo pacientes de causas evitáveis, como acidentes de trânsito. Somente neste mês de dezembro foram 13 mil atendimento de todas as causas na unidade. Por isso a necessidade da colaboração da sociedade para não participar de aglomerações e manter o uso de máscaras, cobrindo boca e nariz.

     A atual fase do Plano de Contingência do Estado já prevê a mudança do perfil das unidades, afim de atender prioritariamente os pacientes acometidos pela Covid-19, neste pico da pandemia. O secretário de Saúde, Marcellus Campêlo, explicou o movimento. “Estamos trabalhando toda uma rede, toda a capacidade instalada para o atendimento da Covid, prioritariamente neste pico de alta neste final do ano”, disse o secretário da SES-AM.

     Para a reorganização, a unidade fez uma grande força-tarefa para agilizar atendimentos, exames e procedimento que possibilitaram cerca de 20 altas médicas, além da transferência de pacientes estáveis para hospitais de retaguarda da rede estadual de saúde. 

    “Vamos aumentar a capacidade de leitos de UTI e Clínicos com essa organização, graças a transferências de pacientes não Covid para unidades como Geraldo da Rocha, Adriano Jorge e Getúlio Vargas”, explicou a diretora da unidade, Julia Marques. 

    As novas alas foram higienizadas e preparadas, com equipamento e pessoal, para receber os pacientes acometidos pela Covid-19. As unidades utilizam de fluxos diferenciados, segregando pacientes Covid-19 em alas separadas dos demais pacientes não-Covid.  

    Outras melhorias - Recurso utilizado no pico da pandemia para melhorar o fluxo de atendimento de pacientes com sintomas respiratórios, tendas externas de triagem voltam a funcionar nos Hospitais e Prontos-Socorros (HPS) 28 de Agosto e Platão Araújo a partir desta semana. A estratégia foi bem sucedida durante o pico da pandemia no estado e, por isso, a SES-AM está se antecipando na instalação da estrutura, para futuras necessidades. 

    Para o atendimento da população, uma equipe multiprofissional, com assistentes sociais, psicólogos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, dará apoio nas tendas.  

    O atendimento a pacientes e familiares nas tendas de triagem será realizado em tempo integral, com equipes de plantão 24h, tanto na porta de entrada das unidades quanto no atendimento às famílias em busca de informação e no pós-óbito dos pacientes internados nesses hospitais. 

    Os profissionais que vão atuar nas unidades passaram por um treinamento na sede da SES, nesta terça-feira (29/12), para receber atualização e orientação sobre o fluxo de atendimento, humanização e cuidados com os pacientes e familiares.

    *Com informações da assessoria