Fonte: OpenWeather

    Luto


    Governo do AM emite nota de pesar por morte de Rui Félix dos Santos

    Rui Félix dos Santos foi presidente do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Amazonas (Consea-Am) e morreu vítima da Covid-19

     

    Defensor das causas humanitárias, Rui Félix atuou fortemente na política de Segurança Alimentar e Nutricional
    Defensor das causas humanitárias, Rui Félix atuou fortemente na política de Segurança Alimentar e Nutricional | Foto: Divulgação

    Manaus - O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas), manifesta profundo pesar pelo falecimento de Rui Félix dos Santos, ocorrida nesta quinta-feira (31/12), por volta das 18h. Presidente do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Amazonas (Consea-Am), Rui Félix desenvolveu parceria significativa com a Seas na área da Segurança Alimentar e Nutricional (SAN).

    O conselheiro foi vítima da Covid-19, e o sepultamento ocorreu hoje (1º/01), às 10h, no Cemitério Santa Helena, bairro São Raimundo, zona oeste.

    A secretária titular da Seas, Maricília Costa, afirmou que a morte de Rui Félix representa a perda de um importante aliado da política de Assistência Social: “Como ser humano e como parceiro, Rui Félix fará muita falta. Sempre foi muito dedicado à garantia de direitos. Nós, da Seas, reconhecemos publicamente sua contribuição e prestamos solidariedade aos amigos e familiares”, assinalou.

    Trajetória

    Rui Félix dos Santos foi presidente do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Amazonas no período de 2017 a 2020. Defensor das causas humanitárias, atuou fortemente na política de Segurança Alimentar e Nutricional, estimulando a formação de Comissões Temáticas de produção, adequação nutricional, monitoramento de Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e economia solidária.

     

    Sua gestão foi marcada pelo esforço em elaborar o Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional do Amazonas
    Sua gestão foi marcada pelo esforço em elaborar o Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional do Amazonas | Foto: Divulgação

    Promoveu a criação das Comissões Permanentes envolvendo o Direito Humano à Alimentação Adequada; Sistema Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan); Produção e Abastecimento Alimentar; Segurança Alimentar da População Negra e de povos e comunidades tradicionais.

    Gerenciou a elaboração do Planejamento Estratégico Orçamentário para a realização da 5ª Conferência de Segurança Alimentar e Nutricional. Representou o Consea-AM em Brasília na plenária do Consea Nacional em parceria com a Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan-Am).

    Sua gestão foi marcada pelo esforço em elaborar o Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional do Amazonas, gerando debates, articulações, visitas técnicas, parcerias e muitos eventos com a participação ampla da sociedade civil e de poder público em Manaus e no interior.

    Cidadania

    A partir de maio de 2020, Rui Félix dos Santos foi indicado pelo Comitê Nacional de Ação da Cidadania do Amazonas, assumindo desde então o cargo de coordenador geral do Ação da Cidadania do Estado.

    No período de maio até agosto, criou parcerias entre o Comitê de Ação da Cidadania com o Comitê Nacional de Ação da Cidadania do Rio de Janeiro e com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) em Manaus. Essas parcerias permitiram ao Comitê do Amazonas realizar ações de enfrentamento à pandemia de Covid-19.

    Em maio, mil cestas básicas com kits de higiene em parceria com o Comitê do Rio de Janeiro foram entregues à população em situação de vulnerabilidade. Em junho, houve uma segunda entrega, desta vez de 3.143 cestas básicas e 4.261 kits de higiene, em parceria com a Unicef Manaus e o Comitê do Rio de Janeiro.

    No mês de julho, a parceria possibilitou que 3.500 cestas básicas e 3.500 kits de higiene fossem repassadas para 105 instituições amazonenses, contemplando um quadro de aproximadamente 7.143 famílias.

    *Com informações da assessoria

    Veja mais:

    Prefeito de Manaus emite nota de pesar por morte de Nicette Bruno

    'Arquiteto da Amazônia', Severiano Mário Porto morre aos 90 anos

    Morre aos 82 anos o dono do Banco Safra, o homem mais rico do Brasil