Fonte: OpenWeather

    Editorial EM TEMPO


    Editoria EM TEMPO: Feliz Ano Novo

    Com o país chegando a 8 milhões de infectados pelo coronavírus e 200 mil mortos, evidente que 2020 não será um ano para ser esquecido, já que deixou a lição de sabermos olhar para os flancos e para trás, e sabermos, consequentemente, ver além dos nossos umbigos.

     

    2020 não será um ano para ser esquecido
    2020 não será um ano para ser esquecido | Foto: Divulgação

    Com o país chegando a 8 milhões de infectados pelo coronavírus e 200 mil mortos, evidente que 2020 não será um ano para ser esquecido, já que deixou a lição de sabermos olhar para os flancos e para trás, e sabermos, consequentemente, ver além dos nossos umbigos.

    A segunda onda do vírus letal, que tira o sono de todos, há de levar os novos governantes brasileiros, que assumem prefeituras a partir de janeiro de 2021, a avaliar com bom senso os estragos causados pela pandemia e produzir, lado a lado com a ciência, novas políticas de saúde que relevem a prevenção e criem melhores estruturas sanitárias capazes de responder as novas grandes demandas surgidas com o advento da pandemia.

    De Brasília deve partir o exemplo maior, com o envio ao Congresso de um Plano Nacional de Política Sanitária, o que inexiste e cuja ausência fez com que estados e municípios amargassem números nefastos por conta da escalada descontrolada da Covid-19.

    Em 2021, será importante que haja menos burocracia e menos politicalha e mais juízo e organização da parte dos que detém as rédeas do poder. A pandemia gerou novos milhões de desempregados, segundo o IBGE, jogou mais brasileiros na informalidade, atingiu a indústria, massacrou o comércio e, presentemente, está punindo quem não se planejou para encará-la.

    Que em 2021, sobretudo, apareça a expertise brasileira para facilitar o processo de vacinação em massa da população, sem o que a vida de todos continuará igual à do ano passado. Que as crianças voltem em paz às escolas e os adultos recobrem a sensatez. Feliz Ano Novo !

    Leia mais em:

    Vacina tem impacto que precisa ser bem esclarecido, diz Bolsonaro

    Amazonas registra 17 mortes por Covid-19 neste fim de semana

    Com alta nos casos de Covid-19, SES-AM abre novos leitos em hospitais