Fonte: OpenWeather

    Comemoração


    "Poetize": Estudante do Amazonas vence prêmio nacional de poesia

    Vitor Gusmão foi um dos selecionados entre 2,7 mil candidatos inscritos em concurso

     

    Com referências desde a música popular brasileira até o rock nacional, o poeta tem como principal inspiração o cantor Renato Russo
    Com referências desde a música popular brasileira até o rock nacional, o poeta tem como principal inspiração o cantor Renato Russo | Foto: Arquivo Pessoal

    Manaus – Apaixonado por poesia desde pequeno, Vitor Gusmão, 24, foi um dos vencedores do Prêmio Poetize 2021, realizado pela Editora Vivara. O estudante de geografia da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), se destacou com a poesia intitulada “Ilha da Desilusão”. Gusmão foi um dos 250 autores selecionados que vai integrar uma antologia poética lançada em fevereiro de 2021, no formato físico.

    Com referências desde a música popular brasileira até o rock nacional, o poeta tem como principal inspiração o cantor Renato Russo, no qual se identificou pela necessidade de se expressar com palavras.

    “Gosto de ler desde pequeno e por conta disso me interessei pela poesia, embora, a princípio, minhas referências vieram da música popular brasileira e do rock nacional, com destaque para a obra de Renato Russo que era chamado de poeta. Ele se expressava por meio das palavras e eu também senti essa necessidade e então que comecei a escrever, com o tempo fui levando mais a sério e me aprofundando”, afirmou.

    Para Vitor, o prêmio serviu como inspiração para o artista continuar produzindo e se aperfeiçoar na escrita, além ser um apoio para sua evolução.

    “Fiquei muito feliz por ter sido selecionado neste concurso e ter sido um dos vencedores. Isso serve como um gás para continuar produzindo e buscar se aperfeiçoar na escrita. Hoje a poesia tem uma importância gigantesca na minha vida, venho buscando novas referências e também tenho procurado evoluir, ainda sou jovem e tenho muito tempo para produzir bastante coisa, é por meio da poesia que eu encontrei um porto segurar para me expressar”, contou.  

    Vitor Gusmão também é co-autor da Antologia Poética: Poesias Esquecidas lançada em formato digital pela editora Casa Literária no ano de 2019, também foi um dos vencedores do Sarau Brasil 2020 com o poema Oceano Profundo.

     

    Vitor Gusmão também é co-autor da Antologia Poética
    Vitor Gusmão também é co-autor da Antologia Poética | Foto: Divulgação

    “Poesia é liberdade”

    Há quem diga que as palavras e principalmente a música podem ser uma maneira de expressão, seja de pensamentos ou sentimentos.

    Para Larissa Paiva que gosta de escutar poemas e algumas vezes se arrisca a escrever, a poesia é um escape da vida, mas que pode trazer a sensação de liberdade.

    “O que mais gosto de fazer no meu tempo livre é escutar a poesia. São palavras carregadas do que é verdadeiro, nem precisa ser sobre amor. Eu me arrisco escrevendo e acho que a poesia é importante por ser liberdade, ninguém pode te proibir de pensar e chega a ser uma forma de distração da mente”, diz.

    No Brasil, o Dia Nacional da Poesia é comemorado em 31 de outubro, homenagem ao dia do nascimento do poeta Carlos Drummond de Andrade, considerado um dos maiores poetas do país. 

    Leia Mais:

    Livro virtual gratuito conta história sobre a mitologia do povo Desana

    Em projeto contemplado, artista plástica comanda oficina on-line

    Grafite ilumina paradas de ônibus do Centro de Manaus