Fonte: OpenWeather

    Medidas de prevenção


    'Lockdown': toque de recolher por 15 dias é decretado em Iranduba

    Com a alta de casos de Covid-19, moradores de Iranduba estão proibidos de circular na cidade das 14h às 6h

     

    O município de Iranduba padece com mais de 3,5 mil casos de Covid-19
    O município de Iranduba padece com mais de 3,5 mil casos de Covid-19 | Foto: Divulgação

    Iranduba - Seguindo o exemplo de outros municípios do Amazonas, a prefeitura de Iranduba decretou "lockdown" no município pelos próximos 15 dias. A medida é uma das estratégias do prefeito Augusto Ferraz (DEM) para tentar conter o avanço da contaminação do coronavírus na cidade. 

    O município de Iranduba padece com mais de 3,5 mil casos de Covid-19, mais de 60 óbitos e com mais de 90% dos leitos do Hospital Hilda Freire (o único da cidade) ocupados e sem oxigênio suficiente para atender a demanda.

    A medida entrou em vigor no sábado (9), tanto em Iranduba como também no distrito de Cacau Pirera e nas comunidades da zona rural. Segundo o decreto N.º 009/2021 GAB/PMI, o toque de recolher é das 14h às 6h do dia seguinte, período em que as pessoas deverão permanecer em suas casas.

    Das 6h às 14h, quando será permitida a circulação do público nas ruas e demais espaços, será obrigatório o uso de máscaras de proteção.

    O decreto foi determinado em comum acordo entre o prefeito do município e os secretários de saúde, Daniel Barroso; de Indústria, Comércio, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Moisés Lopes; pelo chefe da Casa Civil, Gilberto de Deus, e pelo procurador geral do município, Almir Prestes. 

    Leia o documento na íntegra:

     

    Leia mais

    Hospitais em colapso e guerra contra coronavírus

    Das 15h às 5h: prefeitura decreta toque de recolher em Parintins

    Mais de 1,8 mil casos de Covid são registrados no AM neste sábado (9)