Fonte: OpenWeather

    Prevenção


    Wilson Lima decreta toque de recolher das 19h às 6h no Amazonas

    O pronunciamento do governador ocorre no momento em que Manaus vive uma situação dramática, com leitos ocupados, recordes sucessivos de enterro e escassez de oxigênio; veja

     

    Lima informou que o decreto busca proteger a vida das pessoas
    Lima informou que o decreto busca proteger a vida das pessoas | Foto: divulgação

    Manaus - O Governador Wilson Lima anunciou na manhã desta quinta-feira (14), toque de recolher em todo o Amazonas, proibindo circulação de pessoas por 11 horas, das 19h às 6h da manhã do dia seguinte. Entretanto, o governo não informou a data em que a medida entrará em vigor.

    O pronunciamento do governador ocorre no momento em que Manaus vive uma situação dramática, com leitos ocupados, recordes sucessivos de enterro e escassez de oxigênio.

    Lima pontuou que o decreto busca proteger a vida da população. O toque de recolher restringe a circulação de pessoas nas ruas de todas os municípios do Amazonas, exceto a de trabalhadores que exercessem atividades estratégicas, como os profissionais da saúde, segurança pública e da imprensa, por exemplo. 

    “Todas as atividades também ficarão suspensas nesse período. Serão permitidas somente as atividades e o transportes de produtos essenciais à vida, como as farmácias, que funcionarão apenas para entregas em domicilio”, explicou Lima.

    Além das restrições das atividades e da circulação de pessoas, o governador também anunciou a suspensão de transportes coletivos de passageiros em rodovias e rios. Ficando permitida somente a circulação de cargas por esses meios.

    Wilson Lima também informou que alguns pacientes do Amazonas serão levados para outros estados do País.

    “Fazemos um apelo para que as pessoas entendam esse momento tão sensível e complicado pelo qual nós estamos passando. Essas medidas são necessárias para preservarmos as vidas dos cidadãos”, disse o governador.

    Segundo a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), o Estado já registrava, até quarta (13), 219 mil pessoas infectadas pela Covid-19, e mais de 5,8 mil mortes decorrentes da doença.