Fonte: OpenWeather

    Coronavírus


    Toque de recolher passa a valer a partir de hoje (14)

    Por dez dias, de 19h às 6h, está proibida a circulação de pessoas em espaços e via públicas nos municípios do Amazonas

    | Foto: divulgação

    Manaus (AM) - O toque de recolher determinado pelo Governador do Amazonas, Wilson Lima, passa a valer a partir da noite desta quinta-feira (14). Por dez dias, de 19h às 6h, está proibida a circulação de pessoas em espaços e via públicas nos municípios do Amazonas, ressalvads os casos de extrema necessidade e deslocamentos essenciais.

     O decreto N 43.282 que deve ser publicado nesta sexta (15) no Diário Oficial do Amazonas indica que só será permitida a circulação em casos que envolvam os seguintes serviços: transporte de cargas e produtos essenciais à vida; deslocamentos de serviços de entrega para produtos farmacológicos, medicamentos e insumos médicos- hospitalares; deslocamento de pessoas para prestar assistência à doentes, idosos, crianças e pessoas com deficiência.

    “São medidas duras, mas necessárias. Estamos em uma operação de guerra”, frisou o governador Wilson Lima, ao anunciar a medida, junto a outras ações, como o transporte de mais de 230 pacientes acometidos pela Covid-19 em Manaus para outros estados brasileiros, para tratamento, em função da escassez de oxigênio para suprir a demanda da rede pública estadual de saúde. A gente faz um apelo para que as pessoas entendam esse momento tão sensível e complicado ao estado do Amazonas. As medidas que estamos adotando são para preservar as vidas dos cidadãos”, completou.

    O deslocamento de profissionais da imprensa, de agentes públicos, profissionais da saúde e quaisquer outros setores que seja essencial para controle da pandemia é determinado por autoridade pública também estará permitido.

    Quem precisar ir a algum órgão público, como Delegacia e unidades judiciadas, em caso de necessidade de atendimento presencial ou cumprimento de intimação administrativa e judicial também poderá circular durante o toque de recolher.

    Os deslocamentos para atividades de natureza análoga ou por outros motivos de força maior e necessidade impreterível deverão ser justificados.

    A fiscalização do cumprimento do decreto ficará a cargo da Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBM-AM), Polícia Militar, Vigilância Sanitária Estadual em conjunto com as Guardas Municipais e Vigilâncias Sanitárias Municipais.

    Conforme a orientação do Estado, devem ser realizadas abordagens e controle de circulação de pedestres e veículos particulares. Além de controle da entrada e saída de pessoas e veículos do município. Quem estiver autorizado a circular deve estar obrigatoriamente usando máscara de proteção.

    No período do toque de recolher, quem for flagrado nas ruas em descumprimento ao decreto será detido e conduzido à central de flagrantes.

    Covid-19 no AM

    Conforme o boletim da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), o Amazonas registrou 1.474 novos casos de Covid-19 na última quarta-feira (13), totalizando 219.544 casos da doença no estado.

    Segundo a FVS-AM, foram confirmados 69 óbitos por Covid-19, sendo 41 ocorridos no dia 12/01 e 28 óbitos foram encerrados por critérios clínicos, de imagem, clínico-epidemiológico ou laboratorial, elevando para 5.879 o total de mortes.

    Veja o documento completo!

     

    Leia Mais

    Wilson Lima decreta toque de recolher das 19h às 6h no Amazonas