Fonte: OpenWeather

    Solidariedade


    Em meio a caos na saúde, onda de solidariedade toma conta do Amazonas

    Seja na porta de hospitais com alimentos ou em campanhas de arrecadação nas redes sociais, grupos de todas as classes sociais estão se unindo para ajudar as famílias atingidas pela doença

     

    Familiares distribuem água e alimentos para pessoas que enfrentam fila por oxigênio
    Familiares distribuem água e alimentos para pessoas que enfrentam fila por oxigênio | Foto: Ayrton Senna Gazel

    Manaus - Entre tantas cenas dramáticas de familiares desesperados em busca de oxigênio ou de um leito no sistema de saúde para seus parentes, o Amazonas foi tomado por uma onda de solidariedade que vem de todos os lados.

    Seja na porta de hospitais com alimentos ou em campanhas de arrecadação de fundos nas redes sociais, o portal Em Tempo acompanhou cidadãos que estão se doando para tentar amenizar a dor das pessoas atingidas pela crise sanitária.

    Amigos, famílias, vizinhos, colegas de trabalho ou de igreja. Grupos de todas as idades e classes sociais estão se unindo com um único propósito: ajudar as vítimas de Covid-19 e os seus parentes. 

    Os jovens Mayra, Kaline e Wesley decidiram se arriscar para prestar apoio aos familiares de pacientes do Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, na zona Leste de Manaus. Eles montaram uma banca na frente da unidade de saúde, onde distribuem garrafas de água e lanches. 

     

    Os amigos Mayra, Kaline e Wesley oferecem alimentos na frente do HPS Platão.
    Os amigos Mayra, Kaline e Wesley oferecem alimentos na frente do HPS Platão. | Foto: Ayrton Senna Gazel

    “Depois que eu vi que as pessoas estavam até sem água nos hospitais, conversei com a minha mãe e nós decidimos mobilizar a nossa família e amigos para juntarmos fundo e ajudarmos essas pessoas”, explicou a universitária Kaline, de 21 anos.

    Ela conta que o grupo é formado por oito pessoas, que se divide entre o HPS Platão e a Maternidade Balbina Mestrinho, na zona Sul de Manaus. 

    Uma família inteira disposta a ajudar

    Próximo a uma empresa que fornece oxigênio na zona Sul de Manaus, uma família inteira se prontificou a prestar auxílio com água e alimentos às pessoas que aguardam arduamente na fila para comprar o gás medicinal.

     

    Familiares distribuem água e alimentos para pessoas que enfrentam fila por oxigênio
    Familiares distribuem água e alimentos para pessoas que enfrentam fila por oxigênio | Foto: Ayrton Senna Gazel

    A família composta por Max, Frank, Clara, Lucilane, Maria Tereza, Patrícia e Cleia decidiu se mobilizar depois de assistir às cenas trágicas que marcam o segundo pico da doença no Amazonas.

    “A gente sentiu que podia fazer algo para ajudar. Tem pessoas que ficam horas aqui para conseguir encher um cilindro pequeno, e não ficam sem poder voltar pra casa. Então decidimos vir para cá, e estamos distribuindo alimentos e água”, disse Max, de  34 anos.

    Grupo distribui sopa em hospitais da cidade

    As famílias Carratte e Coelho também decidiriam se unir para distribuírem sopa em unidades de saúde da capital. 

    “Estamos fazendo isso para tentar amenizar esse problema, pelo qual nós estamos passando. Já percorrermos em hospitais da Compensa e Alvorada,  e ainda vamos para a unidade de saúde da Nilton Lins”, contou Glória Carratte. 

     

    A família distribuiu sopas aos familiares de pacientes.
    A família distribuiu sopas aos familiares de pacientes. | Foto: Divulgação

    Amazonas tem mais de 6 mil mortes 

    De acordo com a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), até este sábado (16), o estado já registrava 229.367 casos da doença, e 6.123 vidas perdidas.

    Leia mais

    Wilson Lima prorroga decreto que proíbe funcionamento do comércio

    Covid-19: Iranduba sofre com escassez de oxigênio e insumos básicos

    Brasília começa a receber pacientes do AM para tratamento de Covid-19