Fonte: OpenWeather

    Marinha


    Náufragos usam geladeira como bote e são resgatados no rio Amazonas

    Os náufragos foram localizados a oito milhas náuticas de Santarém. Eles estavam flutuando sobre uma geladeira que seria utilizada para armazenar peixes

     

    | Foto: divulgação

    Santarém - Três homens que estavam à deriva no rio Amazonas, nas proximidades do município de Santarém, no estado do Pará, foram resgatados nesta quarta-feira (3), por tripulantes de um Navio-Patrulha "Pampeiro", da Marinha. A embarcação realizava a segurança de uma balsa, que faz o transporte um tanque com 90 mil metros cúbicos de oxigênio líquido para o Amazonas. 

    Conforme informações do comando do 4° Distrito Naval, os náufragos foram localizados a oito milhas náuticas de Santarém. Eles estavam flutuando sobre uma geladeira que seria utilizada para armazenar peixes. Os homens permaneceram, pelo menos, três horas à deriva. 

    As vítimas receberam os primeiros socorros e foram conduzidas para Santarém, onde receberam atendimento médico. 

     

    As vítimas receberam os primeiros socorros e foram conduzidas para Santarém
    As vítimas receberam os primeiros socorros e foram conduzidas para Santarém | Foto: Divulgação

    Oxigênio a caminho

    Os náufragos foram salvos pelo navio da Marinha que faz a escolta de oxigênio líquido com destino a capital amazonense. O insumo vai reforçar o abastecimento das unidades de saúde, devido ao aumento expressivo de casos de Covid-19.

    O equipamento foi levado até Belém pelo Navio-Patrulha Oceânico “Apa”, subordinado ao Comando do Grupamento de Patrulha Naval do Sudeste, em Santos (SP) e está sendo transportado em uma balsa.  A previsão de chegada em Manaus é para a primeira semana deste mês.