Fonte: OpenWeather

    PARALIZAÇÃO


    Rodoviários fazem paralisação por falta de vale-alimentação em Manaus

    Funcionários alegam não terem recebido o pagamento do vale-alimentação, prometido em janeiro

     

    | Foto:

     

    Manaus - No começo da manhã desta quinta-feira (4) Manaus registrou várias frotas de ônibus paradas em toda a cidade. Funcionários suspenderam a circulação dos coletivos desde as 7h30, alegando falta de pagamento de vale-alimentação, prometido para eles ainda em janeiro deste ano.

    Conforme os rodoviários, este dinheiro é necessário neste momento, já que muitos ainda estão pagando pelos remédios de tratamento contra a covid-19, que adquiriram durante o trabalho. Caso o pagamento não seja feito, a classe ameaça fazer paralização total e não rodar nesta sexta-feira (5).

    Sinetram

    Em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) informou que foi notificado sobre as paralisações e destaca que "está permanentemente à disposição para o diálogo com o Sindicato dos Rodoviários".

    O Sinetram ainda afirma que um procedimento de mediação no Ministério Público do Trabalho está em curso para que os serviços de transporte coletivo sejam mantidos e que não haja demissões mesmo neste período de pandemia e redução de frotas.

    Até a publicação desta matéria o Sindicato dos Rodoviários não se pronunciou de forma oficial.

    Veja Mais 

    Prefeito de Manaus estabelece acordo entre rodoviários e empresas

    Prefeitura amplia horário de circulação de alternativos e executivos

    Prefeitura garante 100% da frota de ônibus em circulação