Fonte: OpenWeather

    Internação


    SES e FVS-AM irão a Parintins com foco na redução de internação

    O objetivo é identificar os fatores que impedem o município de baixar o número de internações por Covid-19

     

    O objetivo é identificar os fatores que impedem o município de baixar o número de internações por Covid-19
    O objetivo é identificar os fatores que impedem o município de baixar o número de internações por Covid-19 | Foto: Divulgação

    Técnicos da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) irão a Parintins, na próxima semana, para fazer um levantamento sobre as ações de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, realizadas pelo município, localizado na região do Baixo Amazonas.

    De acordo com o secretário Executivo de Assistência do Interior, Cassio Espírito Santo, que comandará o trabalho, por meio do Gabinete de Resposta Rápida de enfrentamento à pandemia, da SES-AM, o objetivo é identificar os fatores que impedem o município de baixar o número de internações por Covid-19.

    “A SES-AM, juntamente com a Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) e o Ministério da Saúde (MS), fez várias visitas ao município, e o que percebemos é que o número de casos, principalmente de internações, não está diminuindo. Então, pretendemos realizar um trabalho, ao longo de três dias, para levantar informações que possam explicar a situação epidemiológica de Parintins”, explicou o secretário.

    Segundo Cássio, enquanto os demais municípios do interior apresentam queda no número de internações, os casos de Parintins seguem em alta. Na quinta-feira (18/02), Parintins tinha 128 pessoas internadas em Leitos Clínicos e 11 de Unidade de Cuidados Intermediários (UCI).

    “Dos 548 pacientes internados no interior em leitos clínicos, na quinta-feira, 128 eram em Parintins. Ou seja, a cidade respondeu por 23,3% desse total de internações”, destacou Cássio.

    O secretário informou que a equipe técnica do governo vai avaliar, por exemplo, a rede de testagem do município, assim como a qualidade do tipo de teste que está sendo aplicado na população. O grupo também vai observar o fluxo de pacientes e acompanhantes dentro da unidade hospitalar do município.

    “Parintins é um dos municípios que mais temos apoiado, seja com envio de oxigênio, concentradores, testes rápidos, medicamentos e respiradores. Também atuamos fortemente com as transferências de pacientes para Manaus e outros Estados”, ressaltou o secretário.

    Nos últimos 14 dias, o Amazonas apresentou uma queda de -24,7% na média móvel de casos de Covid-19, e de -17,7% na média móvel de óbitos. Os números foram divulgados nesta sexta-feira (19/02) pela FVS-AM.

    *Com informações da assessoria