Fonte: OpenWeather

    Educação na pandemia


    ‘Aula em Casa’: municípios do interior terão estratégias diferenciadas

    Cidades e comunidades mais distantes da capital amazonense, onde há dificuldade de conectividade, os alunos devem seguir as orientações das suas escolas

     

    Em Manaus, o caderno será distribuído de maneira on-line
    Em Manaus, o caderno será distribuído de maneira on-line | Foto: Divulgação/Seduc

    O Ano Letivo 2021 da rede pública estadual de ensino iniciou de forma remota, na última quinta-feira (18/02), para 400 mil alunos em todo o Amazonas. Na capital e em municípios próximos, os estudantes podem assistir ao “Aula em Casa” pela TV aberta e internet, por meio da plataforma Saber+, YouTube e aplicativo do projeto. Já em cidades e comunidades mais distantes, onde há dificuldade de conectividade, os alunos devem seguir as orientações das suas escolas.

    Para esclarecer qualquer dúvida, o estudante pode entrar em contato com as equipes da sua unidade e da Coordenadoria Regional de Educação (CRE) do município. Elas estarão disponíveis para esclarecer todos os questionamentos e ajudar o aluno a acompanhar os conteúdos do “Aula em Casa”.

    De acordo com a secretária executiva adjunta do Interior, professora Ana Maria Araújo, cada município possui a sua particularidade, que deve ser respeitada. “Nenhum município é igual, cada um possui a sua realidade. Por isso, tivemos de traçar estratégias que atendessem a essas especificidades, com o intuito de atender a todos os estudantes da rede estadual”, destacou a secretária.

    Ela afirma, ainda, que é necessária a colaboração de toda a comunidade escolar para que o ano letivo ocorra da melhor maneira possível. “Nossas escolas e coordenadorias estão à disposição de todos que tenham dúvidas acerca do ‘Aula em Casa’ e de como acompanhá-lo. Neste ano, nosso objetivo é atender ainda mais alunos, estamos confiantes”, concluiu.

    Novidades

    Neste ano, o “Aula em Casa” contará com algumas novidades, como o Caderno Digital. O guia de estudos estará disponível para os professores e estudantes da rede pública, que deverão utilizá-lo para exercitar e reforçar os conteúdos trabalhados. Em Manaus, o caderno será distribuído de maneira on-line e, nos municípios do interior do estado, de forma física.

    Além disso, a Secretaria de Educação lançará, também, podcasts com as aulas do projeto, que serão reproduzidos nas rádios locais. Em breve, a pasta divulgará mais detalhes sobre essas duas iniciativas.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais

    1º Encontro Pedagógico de alfabetização debate práticas em Manaus

    Veja como está sendo o retorno dos alunos do AM às aulas remotas

    Município e Estado encerram o último dia de matrículas para alunos