Fonte: OpenWeather

    Amazonas


    Bloco do condomínio Verona em Manaus é interditado após explosão

    Na avaliação inicial da Defesa Civil, o bloco de oito apartamentos, em que ocorreu a explosão, foi condenado, por apresentar riscos.

    Manaus (AM) - A Prefeitura de Manaus prestou atendimento, por meio de uma equipe da Defesa Civil, e da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), aos moradores do condomínio Verona, no bairro Lago Azul, zona Norte, após uma explosão ocorrida no local, no início da noite desta quarta-feira, 24/2. Duas pessoas ficaram feridas.

     

    Defesa Civil interdita bloco do condomínio Verona
    Defesa Civil interdita bloco do condomínio Verona | Foto: Divulgação / Defesa Civil

    Na avaliação inicial da Defesa Civil, o bloco de oito apartamentos, em que ocorreu a explosão, foi condenado, por apresentar riscos. A área foi isolada, e nesta quinta-feira, 25, a equipe do órgão municipal deve retornar ao condomínio, para finalizar a vistoria e concluir o laudo.

    De acordo com o diretor de Operações da Defesa Civil, major Robson Falcão, a explosão, que destruiu quatro apartamentos e comprometeu outros quatro, teria sido ocasionada pelo vazamento de Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), popularmente conhecido como gás de cozinha.

    Leia também Explosão em condomínio de Manaus deixa vítimas com queimaduras

    “Os oito apartamentos foram condenados, não podem ser utilizados. Todo o prédio foi interditado e a área isolada, para evitar qualquer tipo de problema. O Instituto de Perícia Criminalística, da Polícia Civil, foi acionado, para também fazer o seu laudo e liberar o espaço ao condomínio, para que sejam feitas as demolições necessárias, uma vez que o local está em risco de desabamento, por isso foi interditado”, explicou o major Falcão.

    Durante a ocorrência, sete famílias foram cadastradas pela Semasc, para serem inseridas no programa de auxílio-aluguel. Nesta quinta-feira, uma equipe do órgão também deve retornar ao local.

    Orientação

    O diretor de Operações da Defesa Civil também fez um alerta, para que todas as vezes que o morador se ausentar de sua residência, verificar se o regulador que libera o gás até o fogão está devidamente fechado, evitando possíveis acidentes.

    “A pessoa deve estar atenta antes de sair de casa, conferindo se o registro de gás está fechado. Gás não tem cheiro, só notamos o vazamento dele, porque é adicionada uma essência ao produto, o mercaptano, por isso é que percebemos o vazamento”, observou.

    Ocorrência

    Conforme os relatos de moradores do residencial, passados ao chefe de Guarnição do Corpo de Bombeiros, sargento Jhon Noronha, que atendeu a ocorrência, o gás teria vazado de um apartamento do andar superior, para a unidade habitacional abaixo.

    O morador, ao chegar no apartamento, não teria sentido o cheiro do gás, e ao ligar o fogão, a explosão teria ocorrido.

    *Em Tempo com informações da assessoria

    Leia mais:

    Vídeo: carro desgovernado invade calçada e mata dona de casa em Manaus

    Vídeo: após chuva em Manaus, jacaré é capturado em rua do Novo Aleixo

    Após explosão, moradores de condomínio recebem assistência em Manaus