Fonte: OpenWeather

    Saúde no AM


    Miniusina é instalada e aparelho de raio-X digital é entregue no Icam

    A miniusina tem capacidade de produção diária de 3.400 metros cúbicos de oxigênio

     

    Participaram da inauguração representantes da SES, a direção e o corpo técnico da unidade hospitalar
    Participaram da inauguração representantes da SES, a direção e o corpo técnico da unidade hospitalar | Foto: Divulgação Secom

    Manaus- Na manhã desta sexta-feira (26), foi inaugurada mais uma miniusina produtora de oxigênio e entregue um aparelho de raio-X digital, no Instituto da Saúde da Criança (Icam). 

    A miniusina tem capacidade de produção diária de 3.400 metros cúbicos de oxigênio e o aparelho de raio-X digital, que dará suporte nas demandas do instituto.

    Participaram da inauguração representantes da SES, a direção e o corpo técnico da unidade hospitalar. A diretora do Icam, Sílvia Picanço, destaca que a chegada do aparelho de raio-X digital irá melhorar o fluxo de atendimento na unidade e representa a modernização do sistema de saúde do Estado. Sobre a usina, ela reforça a importância do equipamento para produção independente do insumo.

    “Essa usina veio para somar ao tratamento e assistência às nossas crianças do estado do Amazonas. O Icam tem 124 leitos, 30 leitos de enfermaria para crianças com Covid, precisava desse oxigênio. Essa usina veio nos dar esse conforto, essa segurança para o melhor atendimento das crianças, porque o Icam recebe crianças do estado do Amazonas, do município e inclusive de outras cidades, principalmente de Roraima, o Acre também, Rondônia”, destacou a diretora.

    Ações de Saúde

    Sobre a atuação da SES nas unidades, a secretária executiva adjunta de Atenção à Urgência e Emergência da SES-AM, Mônica Melo, destaca que ações como a entrega dos equipamentos para o Icam estão sendo realizadas para promover eficiência no atendimento à população e garantir a melhoria do serviço prestado pelos profissionais.

    “Aqui nós conseguimos garantir melhor qualidade do serviço com a entrega de um aparelho novo de raio-X e também dessa miniusina, que favorece a utilização de forma racional do oxigênio, que é o que nós estamos trabalhando desde o início do ano para garantir que todas as unidades recebam, dentro da sua necessidade, as estruturas de serviço para que possam garantir com eficiência e com eficácia a assistência prestada aos pacientes”, pontuou Mônica Melo.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Cidades do AM afetadas pela cheia recebem vacinas

    David Almeida solicita inclusão de PCDs em grupo prioritário da vacina