Fonte: OpenWeather

    PANDEMIA


    AM registra 47 vidas perdidas para a covid-19, neste sábado

    Manaus ainda se encontra na fase vermelha da doença, considerada crítica. Municípios do interior seguem no estágio 'roxo', pior ainda

    Mortes ainda são altas, embora registros estejam em queda | Foto: Michael Dantas/AFP

    Manaus - A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), por meio do Boletim Diário de Covid-19, edição de nº 330, traz o diagnóstico de 1.688 novos casos de Covid-19, totalizando 315.599 casos da doença no estado.

    Segundo o boletim, foram confirmados 47 óbitos por Covid-19, sendo 31 ocorridos no dia 26/02 e 16 óbitos foram encerrados por critérios clínicos, de imagem, clínico-epidemiológico ou laboratorial, elevando para 10.831 o total de mortes.

    Na capital, de acordo com dados da Prefeitura de Manaus, na sexta-feira (26/02), foram registrados 31 sepultamentos por Covid-19. O boletim acrescenta ainda que 35.626 pessoas com diagnóstico de Covid-19 estão sendo acompanhadas pelas secretarias municipais de saúde, o que corresponde a 11,29% dos casos confirmados ativos.

    Rede de Assistência

    Entre os casos confirmados de Covid-19 no Amazonas, há 1.169 pacientes internados, sendo 664 em leitos (147 na rede privada e 517 na rede pública), 484 em UTI (152 na rede privada e 332 na rede pública) e 21 em sala vermelha, estrutura voltada à assistência temporária para estabilização de pacientes críticos/graves para posterior encaminhamento a outros pontos da rede de atenção à saúde. 

    Há ainda outros 214 pacientes internados considerados suspeitos e que aguardam a confirmação do diagnóstico. Desses, 154 estão em leitos clínicos (25 na rede privada e 129 na rede pública), 40 estão em UTI (12 na rede privada e 28 na rede pública) e 20 em sala vermelha.

    Banco de dados

    O boletim diário é construído com as informações disponibilizadas diariamente pelas prefeituras municipais, todos os dias da semana, incluindo fins de semana e feriados. 

    A consolidação dos casos notificados no Amazonas é realizada pela FVS-AM a partir de informações obtidas em três sistemas: e-SUS Notifica, Sistema de Informação da Vigilância Epidemiológica da Gripe (Sivep-Gripe) e o Gerenciador de Ambiente Laboratorial (GAL), até às 10h de cada dia. Em Manaus, foram notificados 396.997 casos, enquanto no interior do estado, o número chega a 376.806.

    Nesta edição, oito municípios não atualizaram o sistema de informação para consolidação dos dados do boletim. São eles: Amaturá, Apuí, Atalaia do Norte, Guajará, Itamarati, Juruá, Tapauá e Tonantins.

    Municípios

    Dos 315.599 casos confirmados no Amazonas até este sábado (27/02), 146.235 são de Manaus (46,34%) e 169.364 do interior do estado (53,66%).

    Além da capital, os 61 municípios têm casos confirmados: Coari (8.983); Parintins (8.437); Iranduba (7.292); Manacapuru (7.080); São Gabriel da Cachoeira (7.029); Tefé (7.056); Humaitá (6.377); Itacoatiara (5.913); Carauari (5.337); Presidente Figueiredo (5.301); Lábrea (5.057); Careiro (4.040); Rio Preto da Eva (3.987); Barcelos (3.902); Ipixuna (3.692); São Paulo de Olivença (3.419); Eirunepé (3.387); Maués (3.305); Tabatinga (2.981); Itapiranga (2.694); Santa Isabel do Rio Negro (2.647); Autazes (2.443); Manicoré (2.418); Atalaia do Norte (2.370); Pauini (2.382); Alvarães (2.320); Benjamin Constant (2.310); Boca do Acre (2.269); Nova Olinda do Norte (2.217); Urucurituba (2.160); Barreirinha (1.984); Beruri (1.895); Novo Airão (1.882); Maraã (1.803); Urucará (1.748); Anori (1.740); Tapauá (1.657); Amaturá (1.613); Uarini (1.560); Santo Antônio do Içá (1.515); Anamã (1.512); Manaquiri (1.498); Nhamundá (1.469); Borba (1.384); Envira (1.363); São Sebastião do Uatumã (1.298); Fonte Boa (1.294); Novo Aripuanã (1.292); Guajará (1.202); Codajás (1.186); Silves (1.179); Jutaí (1.179); Tonantins (1.072); Canutama (989); Apuí (868); Juruá ( 813); Boa Vista do Ramos ( 792); Careiro da Várzea ( 780); Japurá ( 759); Itamarati ( 696) e Caapiranga ( 537).

    Óbitos

    Entre pacientes em Manaus, há o registro de 7.676 óbitos confirmados em decorrência do novo coronavírus. No interior, são 61 municípios com óbitos confirmados até o momento, totalizando 3.155.

    A lista inclui Manacapuru (271); Parintins (270); Itacoatiara (241); Coari (175); Tefé (149); Iranduba (121); Tabatinga (111); Humaitá (110); São Gabriel da Cachoeira (94); Maués (78); Presidente Figueiredo (87); Autazes (73); Lábrea (61); Benjamin Constant (64); Nova Olinda do Norte (54); Manicoré (55); Careiro (75); Barcelos (51); Rio Preto da Eva (58); Borba (43); São Paulo de Olivença (51); Barreirinha (49); Urucará (46); Santo Antônio do Içá (34); Alvarães (32); Santa Isabel do Rio Negro (40); Manaquiri (40); Carauari (35); Fonte Boa (29); Tonantins (31); Anori (29); Novo Airão (27); Beruri (28); Nhamundá (29); Jutaí (28); Boca do Acre (19); Itapiranga (23); Novo Aripuanã (23); Guajará (19); Urucurituba (27); Tapauá (19); Uarini (17); Eirunepé (20); Ipixuna (14); Pauini (17); Caapiranga (18); Apuí (17); Codajás (16); Silves (21); Amaturá (15); Boa Vista do Ramos (11); Maraã (12); São Sebastião do Uatumã (17); Juruá (13); Canutama (8); Itamarati (8); Careiro da Várzea (12); Atalaia do Norte (7); Japurá (7); Anamã (4) e Envira (2).

    Avaliação de Risco da Covid-19

    Atualmente, as fases da situação epidemiológica de Covid-19 no estado estão representadas nas cores do cabeçalho do Boletim Diário de Casos de Covid-19 no Amazonas.

    Para cada nível de risco há uma fase de ativação do plano de contingência, a qual estabelece medidas restritivas de atividades comerciais e sociais, de acordo com o Plano de Contingência Estadual.

    A capital, Manaus, alcançou a fase vermelha de classificação. Contudo, os 61 municípios do interior encontram-se na fase roxa, que corresponde à classificação máxima de risco para transmissão de Covid-19.

    Referência

    A FVS-AM é responsável pela Vigilância em Saúde do Amazonas e atua no monitoramento de doenças no estado. A instituição funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, na avenida Torquato Tapajós, 4.010, Colônia Santo Antônio, Manaus.

    Mais informações: Assessoria de Comunicação da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS): Maíra Pessoa Fragoso (3182-8523 e 98403-8627) e Girlene Medeiros (98103-6963).

    *Com informações da assessoria

    Leia mais: 

    Compra de vacinas deve ser agilizada com PL do Executivo municipal

    Governo do AM se movimenta para comprar vacinas por contra própria