Fonte: OpenWeather

    Manaus


    ‘Ilumina Manaus’ chega a 60% de implantação em dois meses

    De acordo com o vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta, a meta de iluminar 12 mil pontos em Manaus

     

    Durante o final de semana, a UGPM fiscalizou a instalação de pontos de iluminação com lâmpadas a LED
    Durante o final de semana, a UGPM fiscalizou a instalação de pontos de iluminação com lâmpadas a LED | Foto: Divulgação Seminf

    Manaus - Em dois meses, a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), por meio da Unidade Gestora Municipal de Abastecimento de Energia Elétrica  (UGPM Energia), concluiu 60% do “Ilumina Manaus”, fiscalizando a instalação de 7,2 mil pontos de luz na capital. 

    De acordo com o vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta, a meta de iluminar 12 mil pontos em Manaus deve ser batida antes mesmo dos 100 primeiros dias do governo do prefeito David Almeida.

    “Nossas equipes têm trabalhado, diuturnamente, na fiscalização desse projeto para garantir que ele seja cumprido com a qualidade que a população exige. Não queremos mais luzes apagadas em Manaus”, disse. 

    Durante o final de semana, a UGPM fiscalizou a instalação de pontos de iluminação com lâmpadas a LED, feita pela empresa Manausluz no residencial Viver Melhor 4, Prosamim do bairro Morro da Liberdade, Distrito Industrial, São Lázaro, Nossa Senhora de Fátima 1, Puraquequara, Colônia Antônio Aleixo, Colônia Oliveira Machado, São José, Alvorada, Petrópolis e São Francisco. Já as vias do conjunto Galileia receberam postes novos. 

    Atualmente, a empresa ManausLuz faz a colocação das lâmpadas a LED, já a UGPM Energia fiscaliza não apenas a implantação, mas também a manutenção e a troca das antigas lâmpadas. Com a nova metodologia, a prefeitura economizou mais R$ 500 mil nas contas de luz do município só no mês de janeiro.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Governo publica decreto que libera funcionamento de academias

    Defensoria apura denúncia de poluição em lago de Coari