Fonte: OpenWeather

    Doações


    Com estoque de comida baixo, Abrigo Moacir Alves pede ajuda em Manaus

    Completando, no último mês, mais de um ano da pandemia da Covid-19, as dificuldades nas instituições sociais têm aumentando a cada dia

     

    As doações físicas podem ser entregues na sede do Abrigo Moacyr Alves
    As doações físicas podem ser entregues na sede do Abrigo Moacyr Alves | Foto: Divulgação

    Manaus - No Abrigo Moacyr Alves, que acolhe atualmente 64 crianças e adolescentes com deficiência na cidade de Manaus,  vários alimentos e itens utilizados na instituição têm diminuído drasticamente. 

    Grande parte das doações advém da sociedade civil, ocorridas durante as visitas no Abrigo. Com a suspensão dessas visitas, consequentemente, esses itens começaram a diminuir e fazer falta na instituição. 

    Dentre os itens usados com maior frequência pelos acolhidos que estão em falta são: leite em pó integral, café, materiais de limpeza como desinfetante e água sanitária, proteínas e alimentos não perecíveis. Materiais escolares também são necessários. 

    Com a suspensão das aulas nas escolas regulares devido à pandemia de Covid-19, o Abrigo Moacyr Alves têm oferecido às crianças e adolescentes acolhidos aulas complementares na Sala de acompanhamento pedagógico da instituição, com orientação diária de uma pedagoga. 

    Para um melhor resultado das atividades desenvolvidas, as crianças precisam de alguns materiais escolares, dentre eles: caderno pautado, caneta, lápis de cor, apontador, corretivo, caderno de desenho A4, borracha, pincel, régua, EVA, livros de histórias, avental e porta-lápis. 

    Doações

    As doações físicas podem ser entregues na sede do Abrigo Moacyr Alves localizado na Rua Profª Léa Alencar, 1014, Alvorada I (em frente da Maternidade do Alvorada) ou podem ser coletados nos locais indicados pelos doadores.

    As doações em espécie também podem ser feitas pela conta Bradesco – CNPJ 22.812.325 0001-01, agência: 3734/CC 4780-5 e ainda pelo PIX: 22812325/0001-01.  Mais informações através dos números (92) 98415-7494 e (92) 98415-7882.

    *Com informações da assessoria

    Leia mais:

    Covid-19: Brasil tem 11 milhões de casos e 266,3 mil mortes

    Pupunha pode ajudar a prevenir a Covid-19

    Brasil terá capacidade para vacinar 1 milhão por dia, diz governo