Fonte: OpenWeather

    Imunização


    Servidores da Semed com comorbidades serão vacinados em Manaus

    Aproximadamente 2.268 servidores com comodidades estarão sendo imunizados contra Covid-19

     

    O anúncio foi realizado nesta manhã pelo prefeito de Manaus
    O anúncio foi realizado nesta manhã pelo prefeito de Manaus | Foto: Divulgação

    Manaus - Profissionais de educação da Secretaria Municipal serão avaliados para participarem do estudo Covac Manaus. Aproximadamente 2.268 servidores com comodidades estarão sendo imunizados contra Covid-19 com o programa. 

    "Hoje é um dia muito importante para Manaus, onde já estamos vacinando todas as pessoas com 60 anos. Enquanto o Brasil vacina 80 e 85 anos, Manaus já avança e agora amplia para servidores da educação entre 18 e 45 com comorbidades", explicou o prefeito de Manaus David Almeida. 

    O professor e pesquisador responsável pelo estudo Marcos Lacerda explicou que o Covac Manaus também abrange profissionais da Secretaria Estadual de Educação e Desporto (Seduc), Universidade Estadual do Amazonas (UEA) e Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). Todos podem entrar no projeto, mas só receberão a vacina quem demonstrar comodidade, ou seja, doenças que possuem fator de risco com a Covid-19.

    "Com o dimensionamento de doses disponibilizadas pelo Instituto Butantan e da demanda, conseguimos ampliar esse estudo. Vamos divulgar em nosso site as datas com o atendimento que será dividido em faixa etária", explicou Lacerda. 

    A partir de sábado (20), as pessoas com 48 e 49 anos poderão se redirecionar para atendimento que será realizado na 

    Escola Normal Superior da UEA, localizada na avenida Djalma Batista, 2470, no bairro Chapada, na Zona Centro-Sul de Manaus. 

    Pessoas com demais faixas etárias incluídas no projeto deverão consultar a data respectiva no site ipccb.org. 

    "É muito importante que as pessoas não confundam o calendário da vacinação do Plano Nacional de Imunização (PNI) do município, com o calendário desse programa de pesquisa. O projeto vai garantir as duas doses de vacina para pessoas que comprovarem comorbidades no local. 

    O Secretário Municipal de Educação, Pauderney Avelino, destacou que assim que tenham todas as vacinas necessárias, profissionais de educação em breve estarão todos vacinados. 

    "Por meio do prefeito David Almeida e do Doutor Marcos Larcerda, conseguimos incluir nossos profissionais da educação nesse programa. Veio em uma boa hora", finalizou o secretário.

    Veja o pronunciamento das autoridades 

    Leia mais

    HPS 28 de Agosto está em fase de habilitação de novos leitos de UTI

    Inscrições para cadastro de artesãos estão abertas em Manaus

    Djalma Batista tem faixa interditada após afundamento de pista