Fonte: OpenWeather

    Homenagem


    Profissionais da saúde fazem homenagem a colegas vítimas da Covid-19

    Há um ano, no dia 9 de abril de 2020, falecia a primeira profissional da saúde no Amazonas vítima da Covid-19, a técnica em enfermagem Sofia Pinheiro da Silva, 64

     

    Profissionais de enfermagem fazem homenagem a amigos vítimas da Covid-19
    Profissionais de enfermagem fazem homenagem a amigos vítimas da Covid-19 | Foto: Divulgação/Coren-AM

    MANAUS - Na manhã desta sexta-feira (9), profissionais da enfermagem do Amazonas prestaram uma homenagem aos colegas da categoria que foram vítimas da Covid-19 no estado. A ação foi realizada no Largo São Sebastião e também reivindicou melhores condições de trabalho. 

    A homenagem ocorreu exatamente um ano após o falecimento da primeira  profissional da saúde no Amazonas vítima da Covid-19, a técnica em enfermagem Sofia Pinheiro da Silva, 64. Os profissionais levantavam faixas com o nome dos profissionais que morreram e a frase "combateram o bom combate, sempre serão lembrados pela bravura".

    A enfermeira Suellen Couto, uma das participantes, destaca a importância de fazer manifestações como essa para chamar a atenção da sociedade e dos governantes, mostrando os desafios e dificuldades que os profissionais da saúde enfrentam. "Precisamos trazer à tona todos os desafios e dificuldades que permeiam nossa profissão, pois somos a maior categoria de saúde e precisamos dá voz as nossas lutas e aos nossos anseios", expõe. 

    A enfermeira descreve o sentimento de dor do ato ser exatamente um ano após a perda de uma colega de profissão. "Eu sinto muita tristeza e angústia. Vivenciamos a exaustão física e emocional, mas estamos aqui na linha de frente exercendo a assistência de enfermagem com empatia, respeito e humanidade", conta Suellen. 

    O estudante de enfermagem da UEA, Hugo Nepomuceno, conta que mesmo sendo universitário, faz questão de participar de atos como esse para apoiar a classe. "Então, nós estudantes somos o futuro da profissão e as lutas da nossa futura profissão também são nossas. Estamos vivendo um momento histórico para nossa profissão, perdemos muitos colegas em momento algum e é importante não deixar que isso passe em branco".

     

    O estudante de enfermagem conta que faz questão de participar de atos como esse para apoiar a classe
    O estudante de enfermagem conta que faz questão de participar de atos como esse para apoiar a classe | Foto: Reprodução/Instagram

    No final da ação, os profissionais ficaram em silêncio por um minuto, para lembrar dos colegas que faleceram. Em seguida, soltaram balões verdes para o céu.

     

    Os profissionais soltaram os balões verdes para o céu em homenagem aos colegas
    Os profissionais soltaram os balões verdes para o céu em homenagem aos colegas | Foto: Divulgação/Coren-AM

    De acordo com dados do Conselho Federal da Enfermagem (Cofen), desde o registro do primeiro caso em Manaus, no dia 9 de abril de 2020, até a última quarta-feira (7), 80 profissionais de enfermagem morreram no Amazonas. Destes, 68,75% são profissionais do sexo feminino e 31,25 são do sexo masculino.

    Leia Mais

    AM alcança meta de vacinação da 1ª dose em trabalhadores da saúde