Fonte: OpenWeather

    Emprego


    Setemp e Sejusc iniciam cadastro de emprego com moradores de rua

    Ao todo, 86 pessoas serão beneficiadas pelo projeto que visa a geração de emprego e renda

     

    A Titular da Setemp, Neila Azrak, afirmou que ajudar as pessoas que estão em situações de vulnerabilidade, tem sido um trabalho gratificante
    A Titular da Setemp, Neila Azrak, afirmou que ajudar as pessoas que estão em situações de vulnerabilidade, tem sido um trabalho gratificante | Foto: Divulgação

    A Secretaria Executiva do Trabalho e Empreendedorismo (Setemp), órgão da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), juntamente com a Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), iniciaram os serviços de Cadastro de Emprego para moradores em situação de rua assistidos pelo Governo do Amazonas no abrigo emergencial temporário.

    O serviços, que iniciaram na última quinta-feria (8), incluem a elaboração de currículos e orientação da Carteira de Trabalho Digital, através do Sistema Nacional de Emprego (SINE/AM).

      Ao todo, 86 pessoas serão beneficiadas pelo projeto que visa a geração de emprego e renda  

    A iniciativa faz parte do projeto que iniciou dia 29 de março, com a assinatura do termo de cooperação entre Setemp e Sejusc, assegurando o acesso a direitos constitucionais e legais, como oportunidades e direcionamento ao mercado de trabalho.

    Para a Titular da Sejusc, Mirtes Salles, esse momento é um divisor de águas. “Essa parceria é fundamental, pois a partir disso, estaremos ajudando aos que precisam. E eu acredito que isso seja necessário para que muitas pessoas mudem de vida”, enfatizou. 

    A Titular da Setemp, Neila Azrak, afirmou que ajudar as pessoas que estão em situações de vulnerabilidade, tem sido um trabalho gratificante. 

    "

    Estaremos sempre à disposição para ajudar, e com o apoio do Governo do Estado, temos certeza que essa iniciativa resultará em bons frutos "

    Neila Azrak, titular da Setemp,

    Para a abrigada, Michelle da Silva Freire, a expectativa é grande, é uma honra participar desse projeto: "nossa maior perspectiva é a mudança de vida e o abrigo tem nos proporcionado isso, através de cursos, oficinas e agora estamos aqui no Sine, em busca de oportunidades e portas abertas. Quero agradecer ao governo do estado pelo acolhimento", disse.

    O atendimento vai acontecer gradativamente durante três dias, com os serviços de Cadastro de emprego e orientação da Carteira de Trabalho Digital.

    *Com informações da assessoria

    Leia Mais:

    Prefeitura doa 3 toneladas de pirarucu a instituições sociais

    Governo aumenta testagem de Covid e disponibiliza resultado na web

    Mais de 150 mulheres sofreram violência obstétrica no AM, diz ONG