Fonte: OpenWeather

    Covid-19


    Vacinação de finalistas da área de saúde começa nesta quarta em Manaus

    Campanha é voltada a estudantes de nível superior e de nível médio

     

    Aplicação das doses será realizada na Universidade Nilton Lins, localizada no bairro de Flores, zona Sul de Manaus
    Aplicação das doses será realizada na Universidade Nilton Lins, localizada no bairro de Flores, zona Sul de Manaus | Foto: João Vianna/Semcom

     

    Manaus - O grupo prioritário formado por residentes, estagiários e acadêmicos dos últimos anos de formação de cursos de saúde, cujas atividades pedagógicas estavam suspensas devido ao agravamento da pandemia da doença e que agora retomam ao estágio, começarão a receber a vacina contra a Covid-19 a partir desta quarta-feira (14).

    A aplicação das doses será realizada na Universidade Nilton Lins, localizada no bairro de Flores, zona Sul de Manaus.

    Esta fase da campanha é voltada a estudantes da área de saúde de nível superior e de nível médio, conforme as diretrizes da Campanha Nacional de Vacinação contra o coronavírus, que define que esses acadêmicos são trabalhadores de saúde.

    A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), responsável pela operacionalização da vacinação, informa que este grupo é formado por acadêmicos, estagiários, residentes em saúde e estudantes da área técnica em estágio curricular obrigatório na área hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios, selecionados de acordo com o nível de exposição e o tempo de atendimento nos serviços de saúde.

    Imunização

    A diretora do Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica (Devae) da Semsa, Marinélia Ferreira, acrescenta que os acadêmicos foram identificados pelos estabelecimentos de ensino.

      “Seja em nível ambulatorial ou em nível hospitalar, esse acadêmico, junto com o preceptor, vai ficar em contato direto com o paciente suspeito ou confirmado de Covid-19 e, por estarem mais expostos ao vírus, necessitam dessa imunização”, ressalta.

    Marinélia Ferreira esclarece que esses alunos foram inseridos na plataforma Imuniza Manaus https://imuniza.manaus.am.gov.br/ .

    “Eles já podem entrar para verificar o seu agendamento. Mas é necessário levar um documento de identificação com foto e o CPF para comprovar as informações e receber a vacina contra a Covid-19”, orientou.

    Para organizar a aplicação das doses, a Semsa solicitou das instituições de ensino em saúde o envio de listas nominais indicando o curso, o período e a garantia de que o acadêmico está matriculado e frequentando as aulas no respectivo curso. 

     A responsabilidade do envio das listas com esses critérios é das instituições de ensino.

     Os demais acadêmicos e estagiários da área da saúde que não se enquadram nas atividades definidas pelo Ministério da Saúde devem ser vacinados conforme o andamento da Campanha Nacional de Vacinação, segundo o ordenamento descrito no Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19.


    * Com informações de assessoria


    Leia Mais:


    Investigador da Polícia Civil é encontrado morto em delegacia do AM 

    Secretária Alessandra Campêlo é eleita presidente do Seas

    Programa contra o Aedes aegypti está em 1,2 mil instituições no AM



    <<<<<<< HEAD ======= >>>>>>> e5a666b371d90e4920345db9572e28a6ed1fabe8