Fonte: OpenWeather

    Apreensão


    Apreensão de drogas em barco no AM dá prejuízo de R$ 90 mil ao crime

    Com a revista da cadela policial Jade, as equipes localizaram as drogas que estavam escondidas no convés da embarcação

     

    O material, juntamente com o conferente , foram encaminhados ao Cartório da Base Arpão
    O material, juntamente com o conferente , foram encaminhados ao Cartório da Base Arpão | Foto: (Divulgação)

    Amazonas - Policiais da Base Arpão apreenderam mais de sete quilos de maconha e pasta base de cocaína em uma embarcação no município de Coari (a 363 quilômetros de Manaus), nesta quarta-feira (21). A apreensão representa um prejuízo de R$ 90 mil ao crime. 

    Por volta das 5h, policiais abordaram a embarcação "Estrela de Davi", vinda do município de Tefé, com destino a Manaus. Durante a revista da cadela policial Jade, da Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIPcães), as equipes localizaram, no convés principal do barco, próximo a um veículo, um aparelho de ar-condicionado com quatro tabletes de entorpecentes. 

    Em seguida, a cadela indicou aos policiais que no porão da embarcação, dentro dos aparelhos micro-ondas e TV, estavam escondidos mais quatro tabletes de drogas. Após verificarem as câmeras de segurança, as equipes identificaram um homem entregando as encomendas, ainda no município de Tefé. 

    O material, juntamente com o conferente , foram encaminhados ao Cartório da Base Arpão. A ação ocorre em conjunto com a Operação “Hórus”, um dos eixos do Programa Nacional de Segurança de Fronteiras e Divisas (Vigia), do Ministério da Justiça. Denúncias podem ser feitas ao 181, o disque-denúncia da SSP. O serviço é gratuito e disponível para todo o estado.

    Outra apreensão causa prejuízo

    No início do mês, policiais da Base Fluvial Arpão apreenderam 1,6 quilos de maconha escondidos em embalagens com polpas de açaí e cupuaçu. A caixa de isopor com a droga foi despachada em Maraã, na região do Médio Solimões, e tinha como destino Manaus. Foram encontradas 22 porções de entorpecentes. O prejuízo ao crime com a interceptação é da ordem de R$ 7 mil.

    A embarcação Gabrielle Zannys, onde vinha a carga ilícita, foi vistoriada no Rio Solimões, em Coari (a 363 quilômetros de Manaus). O barco de recreio vinha com passageiros desde o município de Japurá, parou em Maraã e teria a capital amazonense como o ponto final da rota. Ninguém foi preso.

    Segundo informações preliminares, um homem deixou a caixa com o material e apontou o nome de outro cidadão aqui de Manaus, como destinatário final. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Coari. 

    *Com informações da assessoria ao Em Tempo

    Leia mais:

    Cães especializados ajudam na apreensão de narcóticos no Amazonas

    Cães policiais recebem treinamento para aprimorar buscas no AM

    PM desarticula 'boca de fumo' e prende traficantes em Manaus