Fonte: OpenWeather

    Educação


    Bolsa Universidade 2021 oferta 16 mil vagas em Manaus

    Com bolsas integrais e parciais, de 50% e 75%, o programa foi adequado e visa alcançar mais beneficiários

     

    Do total de vagas disponibilizadas também há vagas para idosos e Pessoas com Deficiência
    Do total de vagas disponibilizadas também há vagas para idosos e Pessoas com Deficiência | Foto: Divulgação

    MANAUS - Com 16 mil bolsas de estudos para a população de baixa renda, o edital do processo seletivo do Bolsa Universidade foi lançado nesta segunda-feira (26). A solenidade ocorreu no auditório Isabel Victoria de Mattos Pereira do Carmo Ribeiro, na sede da prefeitura, na avenida Brasil, no bairro Compensa, na Zona Oeste de Manaus, com a presença do prefeito David Almeida.

    "Foi um grande esforço trilhado para disponibilizar 16 mil bolsas a estudantes de Manaus. O programa é uma ideia fantástica e as coisas boas nós temos que valorizar. Esses jovens serão contemplados com a oportunidade de estudarem em uma instituição de ensino superior. Somos gratos as 13 instituições parceiras. Isso é a oportunidade de ver a juventude preparada e qualificada para entrar no mercado de trabalho. O estudo e o conhecimento são a chave que vão abrir portas para o emprego, dignidade e sustento de famílias na nossa cidade. O nosso trabalho não para", declarou o prefeito.

     

    Com bolsas integrais e parciais, de 50% e 75%, o programa foi adequado e visa alcançar mais beneficiários. O quantitativo de bolsas com 100% de descontos na mensalidade aproxima-se do somatório de vagas ofertadas nos últimos três processos seletivos realizados.

    Os benefícios de 75% também foram ampliados, chegando a 6 mil. Do total de vagas disponibilizadas também há vagas para idosos e Pessoas com Deficiência (PcD).

    Inscrições

    As inscrições ficam abertas no período de 3 a 17 de maio, no endereço http://bolsa.manaus.am.gov.br, página oficial do programa que também irá dispor de edital. É possível escolher o curso, o turno e a instituição para os quais deseja concorrer ao benefício.

     

    Lançamento feito na prefeitura de Manaus
    Lançamento feito na prefeitura de Manaus | Foto: Divulgação

    Os critérios de seleção consideram a renda familiar dos candidatos e não a ordem de inscrição no sistema. A classificação obedecerá ao critério de menor para maior renda, de acordo com a quantidade de vagas disponíveis em edital, sendo bolsas com maior percentual conferidas aos candidatos com menor renda.

    Poderão concorrer às vagas candidatos sem diploma de nível superior e que atendam os demais requisitos: ser brasileiro, nato ou naturalizado; residir em Manaus; estar com ensino médio completo ou concluir até junho de 2021; possuir renda familiar de até 1.5 salário mínimo; estar regulamente matriculado ou passível à matrícula em uma das Instituições de Ensino Superior (IES) parceiras do programa; não possuir matrícula "ativa" ou "trancada" em universidade pública; não ser beneficiário de programa de graduação mantido pelo poder público ou iniciativa privada.

    "O bolsa Universidade tem um custo baixo para prefeitura pois a maioria das bolsas são ofertadas pelas 13 instituições parceiras. Manaus agradece às 16 mil bolsas e o olhar diferenciado da gestão David Almeida. Ainda neste ano teremos o Bolsa Pós-Graduação e o Bolsa idiomas pois o trabalho não para e Manaus tem pressa", destacou Júnior Nunes, diretor-geral da Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi).

    Veja o lançamento 


    Leia mais 

    Bolsa Universidade oferece descontos de até 75%, em Manaus; confira

    Fametro conquista pelo 5º ano consecutivo nota 4 no IGC

    Prazos para matrículas na 1ª chamada do Sisu encerram nesta sexta (23)