Fonte: OpenWeather

    Cheia 2021


    Desvios dos ônibus na área central estão suspensos em Manaus

    A determinação tem como um de seus objetivos não prejudicar o comércio no Centro Histórico de Manaus

     

    . A decisão foi tomada após a visita do prefeito David Almeida na localidade
    . A decisão foi tomada após a visita do prefeito David Almeida na localidade | Foto: Brayan Riker

    MANAUS - A cheia do rio Negro tem causado impactos e mudanças na rotinas dos manauaras que precisam trafegar pelo Centro de Manaus. As águas sobem, ao menos, três centímetros por dia e, nesta segunda-feira (20), o Rio Negro atingiu a marca de 29, 89 metros, e está a 8 centímetros para bater o recorde de 2012, que foi de 29, 97 metros. 

    E após visitar as ruas alagadas do centro da cidade, neste domingo (23), o prefeito David Almeida decidiu que os desvios das linhas de ônibus programados para esta segunda-feira (24), será adiado até que, de fato, os coletivos não consigam mais trafegar no trecho alagado próximo ao Terminal da Matriz.

    A determinação tem como um de seus objetivos não prejudicar o comércio no Centro Histórico de Manaus.

    A prefeitura reforça que está tomando todas as medidas necessárias, nos trechos já interditados, para garantir a fluidez, segurança aos condutores e pedestres, e vai continuar monitorando a subida do nível das águas do rio Negro, para que, em último caso, possa fazer os ajustes na circulação dos ônibus do sistema de transporte coletivo de Manaus.

    O Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU), diariamente, conta com uma equipe de monitoramento de 40 agentes de trânsito e fiscais de transportes na área central, para dar o apoio necessário aos motoristas que trafegam no entorno das interdições com informações sobre desvios e opções de circulação, fiscalizações e mantendo a boa fluidez aos que optam em trafegar naquela área.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais 

    Cheia: veja mudanças na circulação de ônibus no Centro de Manaus

    Prefeitura altera sentido de circulação no centro de Manaus

    Rodoviários de Manaus fazem manifestação por vacina da Covid-19