Fonte: OpenWeather

    Imunização


    Portuários começam a ser vacinados contra a Covid-19 em Manaus

    Trabalhadores serão atendidos em postos exclusivos da Semsa montados no Porto de Manaus e nos portos Chibatão e Super Terminais

     

     A estimativa é de que sejam imunizados ao longo da semana 2,1 mil trabalhadores
    A estimativa é de que sejam imunizados ao longo da semana 2,1 mil trabalhadores | Foto: Divulgação

    MANAUS - Trabalhadores portuários que atuam em terminais da capital começam a ser vacinados contra a Covid-19 nesta segunda-feira (31). Os profissionais serão atendidos em seus locais de trabalho, em postos exclusivos da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) montados no Porto de Manaus, na região central da cidade, e nos portos Chibatão e Super Terminais, ambos na Colônia Oliveira Machado, na zona Sul.  

    A titular da Semsa, Shádia Fraxe, informa que poderão ser vacinados nestes locais os funcionários de autoridades portuárias, de operadores e trabalhadores terceirizados. A estimativa é de que sejam imunizados ao longo da semana 2,1 mil trabalhadores que atuam em contato direto com cargas e passageiros.

    O atendimento dos portuários e dos trabalhadores do transporte aéreo foi antecipado por recomendação do Ministério da Saúde, diante do risco de circulação de variantes do novo coronavírus (SARS-Cov-2) em território nacional, em especial a variante “indiana” (B.1.617).

    "

    O Ministério orientou os municípios a incluí-los com prioridade na campanha de vacinação, e o prefeito David Almeida determinou que a recomendação fosse atendida de imediato, para oferecer mais segurança aos que trabalham nesses pontos de entrada e saída, mantendo contato frequente com mercadorias e pessoas de todo o mundo "

    salienta Shádia, titular da Semsa

     

    Em Manaus, de acordo com a secretária, a imunização desse público é umas das estratégias de controle e monitoramento de variantes emergentes, ao lado de outras que serão adotadas a partir de agora, como a aplicação de testes em 10% dos passageiros de voos que chegam à capital. O conjunto de medidas para o enfrentamento da pandemia no atual cenário foi definida na semana passada por equipes de vigilância epidemiológica da Semsa, da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que é responsável pela área de portos, aeroportos e fronteiras.

      Shádia Fraxe acrescenta que a vacinação de trabalhadores portuários e aeroportuários já estava prevista no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 e que a orientação para antecipar o atendimento dos dois grupos faz parte do 19º Informe Técnico emitido Ministério da Saúde no último dia 25.  

    A vacinação dos portuários será feita com o apoio de listas nominais disponibilizadas pela administração dos portos, mas a recomendação é de que os trabalhadores, se puderem, façam o cadastro no Imuniza Manaus. Para o cadastramento basta acessar https://imuniza.manaus.am.gov.br/, na opção Cadastro do Cidadão, escolher a categoria “Trabalhadores de Transporte” e depois o grupo “Aquaviário”. A secretária destaca que o cadastro garante mais agilidade na hora do atendimento, mas que não é obrigatório. “Todos que atenderem aos requisitos de prioridade serão vacinados, com ou sem cadastro prévio”, afirmou.

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais 

    Covid-19: trabalhadores do transporte aéreo recebem vacina em Manaus

    Amazonas já aplicou 1.235.870 doses de vacina contra a Covid-19

    AM: mais de 1.230 mil doses de vacina contra Covid-19 foram aplicadas