Fonte: OpenWeather

    Ônibus em Manaus


    Ônibus em Manaus retornam a partir das 13h com 30% da frota

    O prefeito de Manaus, David Almeida informou que ônibus voltam a circular em Manaus, nesta segunda-feira (7)

     

    A medida acontece após suspensão informada pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram)
    A medida acontece após suspensão informada pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) | Foto: Divulgação IMMU

    Manaus - O Prefeito de Manaus, David Almeida informou na manhã desta segunda-feira (7) que a frota do transporte coletivo em Manaus, retorna a partir das 13h de hoje, com 30% dos carros rodando na cidade.

    A medida acontece após suspensão informada pelo Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram). O serviço não tinha previsão de normalização.

    "Vamos ficar monitorando. Esse é o planejamento mediante a diminuição da circulação de pessoas nas ruas da cidade", confirmou Almeida. 

    David Almeida informou também que as aulas municipais foram interrompidas por conta da paralisação do transporte coletivo. Ele acrescentou que dependendo da normalidade, as aulas retornam nesta terça-feira (8). 

    "

    Estamos acompanhando hora a hora os acontecimentos na nossa cidade e vamos informar sobre as medidas tomadas "

    David Almeida, Prefeito de Manaus

     

    A vacinação, prevista também para o início desta semana, foi suspensa e deve retornar a partir de amanhã, às 9h. Todos os grupos que estão elencados no grupo de vacinação devem se dirigir aos locais já informados pela Prefeitura de Manaus. 

    Página triste 

    David Almeida elogiou a ação de Wilson Lima no pedido da atuação da Força Nacional no Amazonas. Ele afirma que o episódio vivido pela cidade é triste e lamentável. 

    "Precisamos dar respostas. Estou enviando para a Câmara Municipal uma proposta de lei para criação da Secretaria Municipal de Defesa Social. Vamos armar a nossa guarda municipal, para que eles possam dar sua contribuição para a defesa social do local", confirmou. 

    O prefeito comentou também sobre o incêndio da Unidade de Saúde Básica (UBS), localizada no bairro Nova Esperança. Ele afirmou que entregará a unidade revitalizada para a população após atos de vandalismo.

    "O que aconteceu em Manaus não acontece nem em guerra. Mesmo em guerra, países inimigos não atacam estruturas de saúde. As pessoas vão precisar de ambulância. Isso não se faz. O que aconteceu em Manaus chega a ser uma barbárie. A prefeitura dá respostas desta forma, vamos devolver todos as estruturas que foram prejudicadas, revitalizadas", finalizou. 

    Leia mais:

    Veja a lista de serviços públicos suspensos após ataques em Manaus 

    Vídeo: após ataques, SSP-AM envia reforço policial ao Careiro Castanho