Fonte: OpenWeather

    Vítima


    Idoso tem rosto queimado em ataque do CV em agência bancária de Manaus

    José Maria, de 67 anos, que sofre de problemas mentais, fugiu de casa no último fim de semana quando foi vítima das ações criminosas. Amigos do idosos pedem ajuda

      

    Familiares pedem socorro para ajudar idoso que teve rosto carbonizado durante ataque a banco do bairro Alvorada I, zona Centro - Oeste de Manaus, no último fim de semana.
    Familiares pedem socorro para ajudar idoso que teve rosto carbonizado durante ataque a banco do bairro Alvorada I, zona Centro - Oeste de Manaus, no último fim de semana. | Foto: Divulgação

    MANAUS - Os ataques do último fim de semana, em Manaus, deixaram marcas que não podem ser esquecidas para o idoso José Maria, 67 anos. Ele teve o rosto queimado durante o incêndio criminoso ocorrido na agência do Bradesco, localizada no bairro Alvorada I, zona Oeste da capital.

    Segundo amigos da família, que não querem ser identificados, José Maria sofre de problemas mentais e foge de casa, para dormir na rua.

    Na ocasião, o homem estava dormindo em frente da agência bancária, quando sofreu graves queimaduras. A vítima é conhecida na comunidade por frequentar o local e fica chateado quando é impedido de sair, segundo os moradores.

    Socorro


    Alguns profissionais de saúde chegaram a ir na casa do idoso, fizeram curativos, mas não conseguiram levá-lo para um atendimento médico.

    “Ele sai e volta para casa quando está com fome. Um familiar disse que ele chega a dormir na residência. Mas, neste dia, ele foi dormir na frente desse banco. Até uma enfermeira da família chegou a lhe prestar um atendimento. Só assim, ele permitiu que os curativos fossem feitos. Ele é conhecido por muita gente, gosta de conversar – muitas vezes, assuntos nada com nada, tadinho, por causa do problema de cabeça”, disse uma amiga da família.

     

    Postos de coleta: Somente alimentos e remédios.
    Postos de coleta: Somente alimentos e remédios. | Foto: Divulgação

    Solidariedade


    Membro de uma família carente e, de acordo com amigos da vítima, o idoso não receber nenhum tipo de auxílio, moradores do local se reuniram na coleta de doações com roupas e medicamentos que possam ajuda- lo.

    “Precisamos que alguém faça alguma coisa por ele. Ele dorme na rua porque foge, tem problemas mentais, a família não consegue segurar ele em casa, muitas vezes. Não é toda vez que ele faz isso, mas calhou que aconteceu, nesse dia”, fala uma amiga da família.

    Além da residência de José Maria, localizada na rua Lea Alencar, Nº 116, Alvorada I, as doações podem ser entregues nos postos a seguir: 

    Leia mais

    Força Nacional começa a atuar nesta terça-feira (8) no Amazonas

    Ataques do CV cessam em Manaus, mas seguem pelo interior do Amazonas

    Viaturas são incendiadas em pátio de delegacia no Amazonas; veja vídeo