Fonte: OpenWeather

    Combate à violência


    Junho Violeta: Na zona rural de Manaus, 780 idosos foram atendidos

    A ação fez parte da programação do Junho Violeta, mês de conscientização e combate à violência contra a pessoa idosa

     

    Os moradores também receberam vacinação contra Influenza (gripe), corte de cabelo, aferição de pressão arterial, teste de glicemia, entre outos
    Os moradores também receberam vacinação contra Influenza (gripe), corte de cabelo, aferição de pressão arterial, teste de glicemia, entre outos | Foto: Divulgação/Sejusc

    Manaus - Com a intenção de conscientizar a população no combate à violência contra a pessoa idosa,  780 idosos foram atendidos na comunidade Nossa Senhora de Fátima, no Tarumã-Mirim, zona rural de Manaus, na última quinta-feira (17).

    A iniciativa faz parte da campanha Junho Violeta e foi organizada pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), em parceria com outros órgãos das esferas municipal e estadual. Na comunidade, foi realizada distribuição de folder da rede de proteção, de kits de higiene bucal e de limpeza e orientações psicossociais.

      Os moradores também receberam vacinação contra Influenza (gripe), aferição de pressão arterial, teste de glicemia, distribuição de preservativos, atendimento odontológico, consultas médicas e orientações da equipe da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa); cortes de cabelo e emissão de documentação básica pelas equipes de Cidadania da Sejusc; além de ações da Delegacia Especializada em Crimes contra o Idoso (DECCI).  

    De acordo com a secretária Mirtes Salles, titular da Sejusc, a ação mostra o comprometimento do governador Wilson Lima com a efetivação da política dos direitos da pessoa idosa.

    “Eles [idosos] estão assistidos e contam com uma grande rede. Conseguimos, com o evento, divulgar os canais de denúncia, além de disponibilizar, por meio de parcerias, o acesso a serviços de assistência social, de saúde e de orientações jurídicas”, disse a gestora.

     

    Na comunidade, também foi realizada distribuição de folder da rede de proteção, de kits de higiene bucal e de limpeza e orientações psicossociais
    Na comunidade, também foi realizada distribuição de folder da rede de proteção, de kits de higiene bucal e de limpeza e orientações psicossociais | Foto: Divulgação/Sejusc

    A gerente de Promoção dos Direitos da Pessoa Idosa da Sejusc, Ana Cristina Silva, destacou que a campanha Junho Violeta é de extrema importância, pois a grande maioria das violações contra os idosos ocorre no ambiente familiar. Por isso, segundo ela, é fundamental que a população conheça a rede de proteção para que assim possa ajudar quem precisa.

    “A ação realizada pelo Governo do Estado teve a finalidade de viabilizar o acesso aos serviços de saúde, assistência, cidadania, e também de conscientizar sobre o deve da família, da sociedade e do poder público na proteção desses idosos”, afirmou Ana.

    Projeto

    A programação do Junho Violeta da Sejusc iniciou no dia 2 de junho e segue até o dia 28 deste mês, com uma ação, semelhante à realizada na Comunidade Nossa Senhora de Fátima, das 8h30 ao meio-dia no Cipdi, na rua do Comércio, s/nº, Parque Dez, anexo à DECCI.

    *Com informações da assessoria


    Leia mais:

    Violência contra idosos cresce em Manaus durante a pandemia

    AM realiza carreata para reforçar rede de proteção a idosos no estado

    Junho Violeta AM quer fortalecer denúncias de violência contra idosos