Fonte: OpenWeather

    Benefício


    Auxílio Enchente beneficia mais de 1 mil famílias ribeirinhas no AM

    Defesa Civil do Amazonas e a Secretaria de Estado da Assistência Social distribuíram, no último domingo (20), mais de 300 cartões para a população da margem esquerda do rio Amazonas

     

    Com o cartão, os beneficiários poderão comprar alimento, itens de higiene e remédios
    Com o cartão, os beneficiários poderão comprar alimento, itens de higiene e remédios | Foto: Kerolyn Leigue/Divulgação Seas


    A Defesa Civil do Amazonas, com o suporte técnico e logístico da Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas), distribuíram no último domingo (20) mais de 300 cartões do Auxílio Estadual Enchente, beneficiando 1.200 pessoas que moram em comunidades ribeirinhas. 

      A ação, que visa auxiliar a população mais necessitada em meio à cheia histórica, ocorreu nos Polos São Pedro e Bom Sucesso, localizadas na margem esquerda do rio Amazonas, e atendeu moradores de comunidades adjacentes, como Lago Jatuarana, Santa Rosa, São Francisco e Nossa Senhora do Perpétuo Socorro.  


    Nesses locais, atividades como pesca e agricultura são o que sustentam as famílias ribeirinhas. Com a cheia, casas e produções foram afetadas pelas águas. É o caso de Cecilda Barbosa da Silva, 40, que além de ter sua casa inundada, perdeu a plantação que garantia a renda mensal da família. Contemplada pelo auxílio, ela disse que a ajuda chegou em boa hora. 

    "

    Tenho três filhos e perdi toda a minha produção, que era pouca, mas era o que nos sustentava. Não sabíamos como conseguiríamos viver sem isso e o Governo do Estado chegou com esse benefício quando mais precisamos. Agradeço muito por essa ajuda "

    ,

     


    Com o cartão, os beneficiários poderão comprar alimento, itens de higiene e remédios, por exemplo. A titular da Seas, Alessandra Campêlo, destacou o investimento de R$ 612 mil somente com esse programa e, também, o ineditismo do Auxílio Enchente. 

    "

    Esse é o maior programa de distribuição de renda emergencial durante uma cheia no Amazonas. São 125 mil famílias e mais de 500 mil pessoas que estão recebendo esse auxílio num momento tão difícil, quando, além da pandemia, a gente tem a maior enchente da história do Amazonas "

    ,

     


    A ação humanitária de caráter emergencial envolve diversos entes estaduais e municipais. A execução do programa está a cargo da Defesa Civil do Estado e Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas), contando ainda com as secretarias de Estado de Educação e Desporto (Seduc), de Produção Rural (Sepror), do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Amazonas (CBMAM) e do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS). Envolve ainda as prefeituras municipais e suas respectivas pastas de Defesa Civil e Assistência Social. 

     

    Ação humanitária de caráter emergencial envolve diversos entes estaduais e municipais
    Ação humanitária de caráter emergencial envolve diversos entes estaduais e municipais | Foto: Kerolyn Leigue/Divulgação Seas


    O programa Auxílio Enchente foi instituído pelo Decreto n° 43.818, de 6 de maio de 2021. É um benefício eventual, de caráter provisório, destinado às famílias atingidas pelo desastre da inundação no Amazonas. Consiste na entrega ao beneficiário de um cartão magnético com crédito de R$ 300, a ser usado na rede credenciada para aquisição de itens de primeira necessidade, como produtos da cesta básica. 

    * Com informações de assessoria


    Leia Mais:

    Secretários fazem balanço sobre ações da Operação Enchente 2021

    Cartões do Auxílio Emergencial Enchente são entregues em Manacapuru

    Mais de 2 mil famílias de Caapiranga com Auxílio Estadual Enchente