Fonte: OpenWeather

    Declaração


    Wilson Lima afirma que 'Amazonas tem pressa para vacinar'

    "A vacina é a arma mais poderosa que a gente tem contra a Covid-19”, disse o governador

      

    A ação em Parintins é uma parceria da SES-AM com a prefeitura do município
    A ação em Parintins é uma parceria da SES-AM com a prefeitura do município | Foto: divulgação

    Parintins - Acompanhando o mutirão de vacinação em Parintins neste sábado (26), o governador Wilson Lima (PSC) afirmou que o Estado tem pressa para vacinar a população. O mandatário esteve na praça da catedral de Nossa Senhora do Carmo, onde se encontra um dos principais postos de vacinação do município de Parintins.

    “A gente está desembarcando aqui com a nossa equipe da Secretaria de Saúde, da Fundação de Vigilância em Saúde e outras secretarias que são importantes para dar apoio à Prefeitura, para que a gente possa vacinar a maior quantidade possível de pessoas. E a gente tem uma pressa na vacinação, porque a vacina é a arma mais poderosa que a gente tem contra a Covid-19”, disse o governador.

    A ação em Parintins é uma parceria da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) com a prefeitura do município e a Fundação de Vigilância Sanitária (FVS-AM). O Governo do Amazonas disponibilizou 15 mil doses de imunizantes para mais essa ação do mutirão “Vacina Amazonas”.

    A vacinação começou às 8h, mas desde às 7h da manhã já era possível ver uma pequena fila de carros no posto drive-thru, na Praça da Catedral. No local, seis postos de vacinação, incluindo o posto para imunização dos pedestres. 

    Wilson Lima explicou que a meta é vacinar as pessoas em quatro pontos de vacinação: Unidade Básica de Saúde (UBS) Doutor Toda, no bairro Francesa; na UBS Waldir Viana, no São Benedito; e na UBS Francisco Galliani, no Itaúna 2, além do drive-thru na avenida Amazonas, em frente à Catedral.

    Debora Andrade foi uma das diversas pessoas que tomaram a primeira dose do imunizante durante o mutirão. “É um sentimento de alegria, para nós jovens, estamos um tempo parado nas aulas e já começar essa vacinação para nós jovens é muito bom mesmo. Isso é só a primeira dose, imagine a segunda”, declarou.

    "Meu irmão e minha cunhada. Quase a família toda praticamente, lá em casa só falta a minha irmã e meu sobrinho, por serem mais novos. Mas, nós que estamos o tempo todo na rua trabalhando, é uma sensação de satisfação por já estarmos vacinados", enfatizou.

    A população que for a um dos pontos de vacinação deve apresentar, obrigatoriamente, documento original com foto, CPF, e comprovante de residência (original e cópia).

    *Com informações da assessoria 

    Leia mais:

    Vacinação de 30 a 31 anos leva centenas de manauaras aos postos

    Prefeito anuncia vacinação para pessoas de 30 e 31 anos em Manaus

    Vacinação para maiores de 22 anos é antecipada em Parintins