Fonte: OpenWeather

    MOTOCIATA


    'Motociata' pró-Bolsonaro em Manaus reúne apoiadores neste domingo

    A principal demanda dos apoiadores do presidente é a implementação do voto impresso para 2022

     

    Outras manifestações a favor de Bolsonaro já ocorreram, como uma carreata em maio e outra em abril
    Outras manifestações a favor de Bolsonaro já ocorreram, como uma carreata em maio e outra em abril | Foto: César Gomes

    Manaus - Uma ‘motociata’ (manifestação ou demonstração liderada por motos) em apoio ao presidente da República Jair Bolsonaro levou manifestantes à Avenida das Torres na tarde deste domingo (27), em Manaus. Além de motociclistas membros de motoclubes usando jaquetas de couro e adereços afins, compareceram ao evento outros apoiadores e famílias, além de um carro de som que guiava a manifestação. A concentração foi no posto BR da Avenida das Torres, em que diversos apoiadores aglomeraram.

      A demanda central da motociata, que ocorre em Manaus, luta pela implementação do voto impresso que, segundo Bolsonaro, proporcionaria maior lisura ao processo eleitoral. O presidente, apesar de não comparecer em Manaus em função da agenda, vem alegando que o voto manual é menos suscetível a fraudes.  

    Por já ter afirmado que teria vencido no primeiro turno em 2018 se 'não tivesse sofrido fraude', Bolsonaro foi pressionado na última  quinta-feira (24) a apresentar provas para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

     

    Bolsonaro deve estar presente na próxima motociata, prevista para o próximo mês
    Bolsonaro deve estar presente na próxima motociata, prevista para o próximo mês | Foto: César Gomes

    Segundo o presidente do movimento 'Direita Amazonas', Silvio Rodrigues, o movimento é nacional e quer pressionar uma contagem pública pós-eleição.

    "

    O evento é nacional com pauta sobre o "Voto Impresso Com Contagem Pública Total dos Votos, e é uma prévia da 'motociata' oficial, que ocorrerá no mês que vêm com a presença do presidente Bolsonaro "

    , garantiu Rodrigues.

     

    Outro apoiador de Bolsonaro, o professor Eronildo Medeiros, 44, foi a favor da manifestação, vislumbrando uma oportunidade de aproximar o presidente da população.

    "

    Acredito que esses encontros são importantes para diminuir a distância entre um político e seus eleitores. É uma estratégia para criar laços. Mesmo com a pandemia, acredito que a motociata foi respeitando o distanciamento "

    , ressaltou Medeiros.

     

    As 'motociatas' têm se tornado um artifício comum da militância bolsonarista para mostrar a força do presidente da República, e tem acontecido em meio à CPI da Covid e aos protestos organizados pela oposição contra Bolsonaro. Outras motociatas já ocorreram em Brasília, São Paulo, Santa Catarina e Rio de Janeiro, todas com a presença do presidente, que não pôde comparecer à de Manaus.

      Vale lembrar que Bolsonaro tem apoio considerável no Amazonas. Em abril, pouco depois da crise do oxigênio em Manaus, o presidente recebeu o título de 'cidadão amazonense", através da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam).  

    Outras manifestações a favor de Bolsonaro já ocorreram, como uma carreata em maio e outra em abril- esta na exata semana em que o Brasil completou 400 mil mortos.

    A atual motociata ocorre logo após denúncias de indícios de irregularidade e superfaturamento na compra das vacinas Covaxin, da Índia, feitas na CPI da Covid. As denúncias foram feitas pelo deputado Luís Miranda (DEM) e por seu irmão, o servidor do Ministério da Saúde, Luís Ricardo Miranda.

    Leia mais:

    Políticos do AM criticam Queiroga por vacinação lenta e sem cronograma

    Reforma vai tributar rendimentos de capital, diz Paulo Guedes

    Com caso Lázaro, senadores pedem fim de saídas temporárias de presos